quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007

Gafes contra os goianos 2

Ontem, chegando a Taguatinga, logo me deparei com o grande outdoor com fundo branco que dizia "O melhor carnaval do Goiás". Logo pensei que meu time de futebol favorito tivesse se tornado escola de samba ou então que tivesse aberto seu clube para um grande baile às vésperas do dia 20 de fevereiro. Engano meu, o outdoor só estava anunciando a festa de carnaval da cidade de Posse, no interior do estado. O anúncio nenhuma ligação tem com meu time favorito, que é da capital.

Não sei porque a galera daqui do DF erra tanto isso! Deve ser porque meu estado natal é uma das exceções. Goiás (estado) não admite o artigo definido "o", logo o correto seria "O melhor carnaval de Goiás", mas ainda assim a frase não estaria correta porque o melhor carnaval de Goiás é na cidade onde nasci, Goianésia.

A maioria dos estados pede ou admite o artigo "o" antes porque seus nomes começam com substantivos comuns masculinos, o Mato Grosso, o Rio de Janeiro, o Espírito Santo e até o Distrito Federal, que não é estado, mas admite artigo.

Já o principal time de futebol do estado, o Goiás, exige o artigo "o", primeiro porque a palavra "time" está implícita antes do nome, segundo porque diferencia do estado em uma frase que possa causar ambigüidade (como a do outdoor). Já se o grande painel dissesse "O melhor carnaval da Goiás" estaria se referindo ao carnaval de rua da cidade histórica de Goiás, antiga capital do estado.

O mesmo ocorre com o substantivo próprio São Paulo: São Paulo é estado, o São Paulo é um time e para embolar o meio de campo tem a São Paulo, capital do estado e cidade que abriga o São Paulo.

Leia também:

3 comentários:

  1. Era só que faltava?! O pior é que Sesi e Rede Globo são cúmplices nessa história.

    ResponderExcluir
  2. Oi Helen,

    Eu não sei como o povo do DF fala porque mal conheço lá (apesar de ter nascido em Brasília), mas eu ouço direto aqui em Goiânia o pessoal falando "No Goiás" e até mesmo "na Goiânia". Até coloquei no Dicionário de Goianês do meu blog, porque achei diferente.

    ResponderExcluir
  3. Christian, se eu ouvir barbaridades como "no Goiás" e "na Goiânia" eu corrijo na hora, doa a quem doer. Mas graças a Deus tenho convivido com pessoas de bom nível escolar que não costumam falar assim. ;)

    ResponderExcluir

Posts relacionados