Busca

Carregando...

quarta-feira, 18 de abril de 2007

Meu primeiro celular

O primeiro celular que eu mesmo comprei, escolhi, paguei… Era o Nokia mais barato que tinha na loja, gosto dessa marca porque é a única, na minha humilde opinião, que não faz celulares descartáveis que estragam logo para você ter que trocar de seis em seis meses. Para voltar para a Nokia tive que sair da Claro, o que pra mim não é nenhum prejuízo porque essa empresa só me deu trabalho. Queria mesmo era voltar para a Vivo, mas como os preços dos celulares não estavam dentro da faixa que eu queria, "optei" pela Brasil Telecom. Até agora a única desvantagem é trocar o número, sempre critiquei essas pessoas que trocam o número do celular como quem troca de roupa. Vou desbloquear o aparelho para poder usar o chip da Claro nele.

Tive que trocar de aparelho porque o que eu tinha eu afoguei no vaso, sem querer, mas afoguei. O primeiro aparelho que tive, o imbatível Nokia 5125, funciona até hoje, só parei de usá-lo quando me mudei para o DF e adquiri uma linha daqui (61) porque nenhuma operadora instala linhas em aparelhos TDMA mais. Minha prima me deu um Motorola, quebrou um galhão, mas uma hora eu ía ter que trocar mesmo porque, como eu já disse, era só pra quebrar o galho até eu comprar um decente. Antes de comprar um novo eu deixei ele cair no vaso e o mesmo não funcionou mais. O Nokia 5125 eu já deixei cair no vaso umas "trocentas" vezes e até hoje ele funciona "belezinha". Não sei se é o aparelho, a bateria ou os dois que não funcionam mais, vou procurar alguém que tenha o mesmo aparelho para testar. Odeio desperdício!

Posts relacionados