Busca

Carregando...

domingo, 8 de julho de 2007

Estereótipos me irritam

O principal estereótipo que me irrita é o da mulher. Sou de famílias extremamente machistas onde as próprias mulheres se sujeitam a isso de forma que todas são ou querem ser financeiramente e emocionalmente dependentes de seus "maridinhos". Seria lindo se todas elas conseguissem ser felizes assim, mas depois de alguns anos de casamento, geralmente quando os filhos se tornam adolescentes, a maioria delas (dentre todas as quatro gerações) se lamenta por não ter estudado mais, por não ter se realizado profissionalmente, por não ter conquistado seus próprios bens materiais (só em "parceria" com o marido), por não ter aprendido bem outros idiomas, por não saber tocar bem nenhum instrumento musical, por não ter tempo para seu esporte favorito, enfim, por não terem vivido suas próprias vidas.

A maioria se casou e/ou engravidou antes dos 25 anos e daí deixou de ser ela própria para ser"a esposa de fulano", "a mãe de sicrano", etc. Só quando ocorrem as primeiras crises matrimoniais e/ou os problemas na educação dos filhos ela para para pensar e tenta se lembrar em que ponto de sua vida "se abandonou" em nome da "ordem familiar".

Acredito que uma pessoa possa ser feliz casada ou não, com filhos ou não, só não acredito que uma pessoa possa ser feliz "se anulando" e obecendo sem questionar os estereótipos que a sociedade impõe. Alguns exemplos do meu cotidiano são as frases infelizes que ouço quase todos os dias de meus familiares e outros(as) machistas com quem tenho que conviver para exercitar minha paciência e meu cérebro criando frases alternativas a esses chavões.

  1. Quando disserem que "mulher tem que saber cozinhar bem e sempre" respondo que:
    1. Homens e mulheres que gostam de cozinhar devem cozinhar sempre.
    2. Homens e mulheres que não gostam de cozinhar não devem ser obrigados(as) a fazê-lo.
    3. Homens e mulheres devem saber cozinhar para si próprios como precaução para que não passem fome.
    4. Homens e mulheres devem cozinhar para o próximo quando este for realmente impossibilitado (crianças, deficientes, doentes de cama, etc.).
  2. A mulher é a responsável pelos serviços domésticos da casa.
    1. A mulher pode ser a responsável pelos serviços domésticos da casa, desde que goste, queira e não fique sobrecarregada.
    2. O homem pode ser o responsável pelos serviços domésticos da casa, desde que goste, queira e não fique sobrecarregado.
    3. O ideal é que a responsabilidade seja dividida entre todos os adultos da família e que, nos melhores casos, dividam também o contra-cheque de uma empregada doméstica mensalista.
  3. Toda mulher tem que ser "doce", meiga e carinhosa.
    1. Toda mulher tem que ser o que é do jeito que quiser. Seja você e seja feliz!
  4. A mulher não sabe dirigir bem.
    1. A mulher pode dirigir tão bem quanto quiser e gostar.
    2. Há muito mais mulheres do que homens no volante e a maioria esmagadora dos acidentes são provocados por eles.
  5. Não escolha essa profissão. Isso é coisa de macho!
    1. Coisa de macho é ter pinto, mijar em pé, lambuzar todo o banheiro, não dar descarga e deixar a tampa do vaso aberta. O resto é unissex.

Falei, disse e repito se preciso!

Posts relacionados