Busca

Carregando...

terça-feira, 27 de maio de 2008

Cadastre, atualize e apareça

Foi-se o tempo em que a popularidade de um blog era medida pelo número de comentários ou de visitas. Esses fatores ainda têm importância, mas não mais do que o famoso page rank do Google, que considera principalmente fatores como variedade de conteúdo e links de outros sites.

Verdade é que alguns mais corajosos lutam contra a maré, mas um blogueiro que queira motivação para continuar escrevendo (e a médio prazo ganhar dinheiro com essa atividade) precisa, no mínimo, aparecer bem colocado no Google várias vezes, com as mais diversas palavras-chave e receber links o bastante para chegar a um page rank 4, nada mal para um blogueiro amador. Mas para isso acontecer é preciso, na maioria dos casos, mudar de atitude!

Saia do comodismo!

Não confie nos visitantes de sempre. As visitas e comentários dos colegas de faculdade podem nos motivar muito no começo, mas a médio e longo prazo passa a ser frustrante perceber que o blog é visitado sempre pelas mesmas pessoas, sem falar que essas mesmas pessoas têm o direito de cansar de nos visitar só por cordialidade a qualquer momento. Não escreva só para meia dúzia de amigos, a web é muito, muito mais do que isso.

Muitos posts que encontrei no Google já dão excelentes dicas de como divulgar o seu blog. Então vou apenas fazer uma lista única com os links de sites onde você pode cadastrar o seu blog. Esta lista será atualizada constantemente porque está no meu del.icio.us:

Além disso, recomendo que:

  1. Coloque link para seu blog em todas as redes sociais das quais você participa.
  2. Coloque o link do seu blog na sua assinatura de e-mail.
  3. Sempre que ler um post inteiro, deixe comentário. (Eu disse COMENTÁRIO, se for só para deixar seu link, melhor não deixar nada.)
  4. Se participa de fóruns e listas de discussão, não deixe de colocar o link para seu site em sua assinatura. Algumas listas de discussão têm também espaço para divulgação de blogs e outros sites.
  5. Seja honesto e coloque sempre os links dos posts e sites que serviram de referência para o post que você escreveu. Tenha certeza de que, se você fizer isso, vão lembrar de fazer isso com seu blog também.
  6. Se trocar de blog, ao invés de deixar apenas um link para o blog novo, experimente colocar o feed do blog novo no blog antigo.

Fontes:


www.centralblogs.com.br Join My Community at MyBloglog! BlogBlogs

Posts relacionados