Busca

Carregando...

sábado, 21 de junho de 2008

Nas rimas do meu estilo

O título do post é uma frase da música Oração ao Tempo do Caetano Veloso.

Antes de clicar no Caetano, pause ou abaixe o volume na rádio que está no canto superior direito.

Há 10 anos:

  1. Eu tinha 12 anos e queria completar 18 logo para sair da casa dos meus pais.
  2. Eu fazia a 8ª série do Ensino Fundamental.
  3. Eu era fanática por Sandy & Júnior, Leandro & Leonardo e Zezé di Camargo & Luciano.
  4. Eu era uma adolescente traumatizada porque tinha muita acne no rosto (mais do que tenho hoje) e usava um óculos dourado horroroso.
  5. Começava a manter dezenas de amizades por correspondência em todo o Brasil.

Há 5 anos:

  1. Apesar de estar perto de completar 18, não tinha nenhuma condição financeira de sair de casa.
  2. Estava no 2º ano de Jornalismo me divertindo com as primeiras disciplinas práticas e me apaixonando de vez por aquela universidade.
  3. Eu me sentia um tanto quanto frustrada porque a cada vez percebia que faculdade de Jornalismo na UFG não era coisa para pobre, e eu era muito pobre, então comecei a distribuir currículos para encontrar meu primeiro emprego e me tornar menos pobre, mas era difícil encontrar trabalho de meio período.
  4. Mudei do Blogger Brasil para o Blogger do Google e cá estou até hoje.
  5. Coordenava o grupo de jovens da minha comunidade católica.

Há 2 anos:

  1. Com 20 anos terminei a faculdade de Jornalismo. Creio que foi a terceira data mais importante da minha vida, depois do meu nascimento e da minha aprovação no vestibular.
  2. Fiz as malas e finalmente saí da casa dos meus pais rumo a Brasília, virei candanga.
  3. Voltei a trabalhar como operadora de telemarketing e virei concurseira.
  4. Sem Internet todo dia, meu blog ficou desatualizado! Foram só 40 posts em 2006.
  5. Morando com meus tios, a idéia que eu tinha de família mudou totalmente. Percebi que nem todas as famílias brigam por qualquer motivo e que não é preciso conversar gritando.

Há 1 ano:

  1. Tinha saído do telemarketing para trabalhar em uma agência de comunicação que não me pagou até hoje. Estava desempregada.
  2. Já estava cheia de morar na casa dos meus tios. Fui prestar um concurso em Goianésia e resolvi ficar por lá trabalhando numa rádio.
  3. Goianésia foi bom para descansar e curtir os parentes (primos, tios e minha linda avó), mas com o tempo descobri que odeio morar no interior e voltei para Goiânia.
  4. Distribui muitos currículos e participei de várias seleções até dezembro, quando fui chamada para começar 2008 trabalhando na Universo.
  5. Foi um ano em que me senti muito amada pelos irmãos da minha paróquia que se mostraram muitíssimo felizes por eu ter voltado.

Ontem:

  1. Terminei um post enorme e trabalhoso sobre os apelidos da praças de Goiânia.
  2. Comprei palitinhos de chocolate para comer nos intervalos do trabalho. Uma delícia!
  3. Meu irmão me irritou muito e aumentou minha determinação de morar sozinha a partir de julho, custe quanto custar.
  4. Meu gatinho Veludo enfiou uma unha enorme em mim quando tirei ele de cima da cama do meu irmão. Doeu e deixou cicatriz.
  5. Marquei uma consulta no posto de saúde porque meu remédio está acabando.

Hoje:

  1. Dormi até 12h e alguma coisa.
  2. Estou escrevendo o segundo post do dia em meu blog com um idéia que furtei do Meu Canto.
  3. Assim como o Jardel, não concordo com o mau uso da palavra meme nesses joguinhos que passam de um blog para outro. Por isso decidi que no meu blog esses jogos passarão a se chamar Peteca, muito mais apropriado e genuinamente nacional.
  4. Graças a Deus é meu dia de folga no trabalho, mas é um saco ter que suportar meus pais bêbados.
  5. Vou a festa junina da minha comunidade, a minha primeira festa junina do ano.

Esta peteca veio do blog da Núbia e mando para você que quer relembrar um pouco sua história e partilhar com os seus leitores.

Posts relacionados