Busca

Carregando...

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Baranguice e algo mais

Coisa de baranga

Depois de exatamente 23,5 anos de observação diária, cheguei hoje à seguinte conclusão:

Toda loira artificial que conheço, por mais simpática que seja hoje, é uma ex-morena horrorosa. Nunca vi morena bonita pintar cabelo de loiro. Ficar loira em Goiânia é coisa de baranga e ponto final.

Vou ali ver o preço da tintura. Vocês acham que eu fico melhor com loiro acinzentado ou loiro acobreado?

Brincadeirinha, tá, gente? Não, não é brincadeirinha que toda loira falsa já foi baranga, é brincadeirinha que eu vou pintar de loiro. Prefiro ruivo, menos vulgar.

Sitpass

Eu comecei minha especialização em agosto de 2008, mas só em janeiro deste ano fiquei sabendo que, como aluna de pós-graduação, eu também tenho direito ao recadastramento de meu cartão sitpass estudantil para pagar meia. Se não procurei essa informação antes, foi porque não precisei. A empresa onde eu trabalhava me dava sitpass para usar, dar, vender e amassar (literalmente).

Mas este ano, já desempregada, assim que soube que podia eu fui renovar e depois de várias viagens e muitas filas naquele Setransp fedido e quente que só um forno, meu cartão está desbloqueado. É um porre aquele lance de mostrar a carteirinha para o motorista toda vez que vai passar na catraca, mas enquanto eu depender do seguro-desespero vai ter que ser assim.


Fico por aqui, ansiosa pelos comentários cheios de erros de português das ex-barangas nervosas. Comentários cheios de erros de pessoas que não entenderam o que eu escrevi? Adooooooro!

Foto do site Meilland

Posts relacionados