Busca

Carregando...

sábado, 7 de março de 2009

Vem, morena, vem

rosa-branca
O título é um trecho da música Toada

Sou uma assumida mulher de fases. No meu relacionamento com outras mulheres, sou apática o mês inteiro. Mas, para os rapazes, minhas fases podem ser definidas como:

Depressiva
Se encostar, eu choro.
Irada
Se encostar, eu cuspo na sua cara.
Intumescida
Se encostar, eu te agarro.
Romântica
Se encostar, eu me apaixono.

Como eu não tomo nenhum medicamento que interfira diretamente na minha produção hormonal (como contraceptivos, por exemplo), as minhas fases são tão irregulares quanto a minha menstruação, mas cada uma delas dura mais ou menos uma semana.

Estou na fase romântica… Na verdade, meu gosto musical é romântico mesmo quando estou nas outras fases. Porém, neste momento meu romantismo é tamanho que sou capaz de cometer a cafonice de partilhá-lo com vocês:

Quem sabe um dia eu seja essa morena…
Só a Helen Romântica pensa assim, as outras não.
Vontade de sofrer me apaixonar de novo…
Como quem diz “Não tem jeito!”

Vou ali sonhar enquanto há tempo… Daqui a pouco começa a outra fase.

Imagem romanticamente surrupiada do blog Singular

Posts relacionados