Estou de férias em setembro, por isso talvez não atualize toda semana.

Helen Fernanda

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Sobre o bate-papo UOL Mail #fail

A tecnologia e interface UOL Mail é a mesma utilizada nos gratuitos BOL Mail, E-mail Folha e Zipmail.

image

Quando eu ouvi falar do bate-papo do UOL pensei que eles tivessem feito algo parecido com o que hoje é o GTalk dentro do Gmail ou mesmo o Yahoo! Messenger dentro do Yahoo! Mail, onde podemos adicionar os contatos, ver quando eles estão on-line, quando estão ocupados, quando estão ausentes e iniciar um bate-papo espontaneamente com aqueles que estão disponíveis ao mesmo tempo que você.

Como UOL, BOL, Folha e Zipmail usam a mesma tecnologia e interface, pensei que seria tudo integrado e que eu poderia adicionar todos os meus contatos que usam um desses e-mails e saber se estão ou não on-line antes de decidir conversar com eles.

Mas eu pensei demais, não é nada disso, ao menos por enquanto. Quando você convida alguém para bater-papo, tem que esperar que essa pessoa receba o e-mail e aceite o convite clicando no link que abre uma janela pop-up. Nem um pouco inteligente, já que quando a pessoa receber o e-mail e clicar, pode ser que você não esteja mais on-line.

phone5

Assim você precisa atirar para todos os lados até que alguém que esteja on-line aceite conversar com você clicando no botão que ativa o bate-papo. O convite expira após 30 minutos. No GTalk, por exemplo, se eu preciso conversar imediatamente com uma pessoa de Minas Gerais, primeiro eu olho quais mineiros da minha lista estão on-line, para depois decidir com qual vou conversar. Se nenhum estiver on-line, converso com os amigos dos amigos até conseguir o telefone da pessoa.

Já no bate-papo UOL, nada disso é possível. Se quiser conversar com alguém por ele, é melhor fazer ao contrário: ligar primeiro e marcar o horário, ou então será quase impossível que funcione #fail.

Até mais!

2 comentários:

  1. eu sou meio esquisita pra isso.nao consigo entrar num bate-papo e conversar, a nao ser que eu queira algo, entao eu vou logo direto ao ponto.

    talvez eu ja tenha entrado num chat há muito tempo. Sem falar que o povo do meu gtalk sempre tá "busy" e eu nao tenho coragem pra atrapalhar. :)

    ResponderExcluir
  2. @Iara, não é só você. Acho que cada vez mais ter paciência para conversa fiada em programas de bate-papo é coisa de adolescente.

    Eu uso bastante os comunicadores instantâneos, mas quase sempre com finalidade profissional ou acadêmica. Mesmo se for um assunto mais pessoal ou familiar, também sou muito objetiva. Se a pessoa não for objetiva comigo também, eu bloqueio.

    Já se foi o tempo em que messengers eram apenas programas de entretenimento. Para mim está muito mais para um local virtual de trabalho. Na minha profissão já é quase tão importante quanto o telefone.

    ResponderExcluir

Posts relacionados