Busca

Carregando...

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Trainee, concurso público, bolsa de estudos ou negócio próprio?

Tiro ao alvo

Quatro opções e muita incerteza. Foi isso o que passou por minha cabeça dos 20 aos 24 anos. O que vou contar aqui nada mais é do que a partilha da minha própria experiência.

Quando terminei a faculdade eu não tinha emprego na área e tinha pouca prática profissional, porque não tive bons estágios durante o curso. Na ânsia por conquistar alguma coisa, eu atirava para todos os lados. Hoje reconheço que, se eu tivesse sido melhor orientada, teria focado meus esforços e consequentemente sido recompensada mais cedo.

Segue então a minha dica para os jovens que já terminaram ou estão terminando a faculdade, mas não têm muita certeza de como deve se preparar para os próximos desafios. Mais cedo ou mais tarde é preciso decidir e manter o rumo para que os objetivos sejam atingidos. Lembre-se que se acomodar na situação atual também é uma decisão.

:: Não se inspire na maioria

Como diz aquela famosa frase atribuída ao Roberto Shinyashiki:

Não se compare à maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso.
Fila de emprego

A maioria das pessoas não costuma planejar sua vida, nem mesmo a profissional. Dentre as que planejam, são poucas as que conseguem manter a coerência. Mas fique tranquilo. Se você…

  • tem curso superior,
  • consegue enxergar como reais todas as possibilidades que citei no título,
  • leu este post até aqui

…já está acima da média. O importante é manter-se atento para não se deixar levar pelas pessoas que estão indo para lugar nenhum, você pode acabar em lugar nenhum junto com elas. Lembre-se da famosa frase atribuída à Albert Einstein:

Loucura é continuar fazendo as mesmas coisas e esperar resultados diferentes.

As pessoas querem abraçar tudo. Quando não tem mais espaço, começam a escorregar justamente as coisas mais importantes. Por isso recomendo que escolha apenas uma opção e dedique-se a ela:

► Bolsa de estudo

Você terminou a graduação, mas quer continuar na universidade estudando,  pesquisando, escrevendo artigos e monografias, mas agora quer ser remunerado por isso? Talvez sua vocação seja mesmo a carreira acadêmica. Nesse caso você pode tentar uma bolsa de pesquisa, mestrado, curso de curta duração… no Brasil ou no exterior. Há várias opções.

► Programa de trainee

Essa opção é para você que se formou há pouco tempo, tem excelente oratória, espírito de liderança, fala outros idiomas, tem disponibilidade para viagens e até para morar em outras cidades. Os programas de trainee formam executivos que geralmente passam por todas as áreas da empresa. Você só é um potencial trainee nos primeiros anos de formado, portanto vale a pena investir porque você não terá as mesmas oportunidades no futuro.

► Concursos públicos

É muito bom ser servidor público, não nego. Mas será que você tem vocação para isso? Se tem vocação, será que está estudando do jeito certo?

► Negócio próprio

Todo mundo já pensou em ter negócio próprio. Eu já pensei, mas depois que fiz pós-graduação em Comunicação e Marketing cheguei à conclusão de que eu não tenho um pingo de vocação para recrutar e demitir funcionários, fazer plano de negócios, planejar a médio e longo prazo, estudar o ponto de venda e o escambau. Nasci para ser empregada e não me envergonho disso.

 Foco

Qual é a sua escolha?

Agora é só

manter o foco.

É claro que, provavelmente, você vai ter que conciliar a sua decisão com seu emprego, porque ninguém consegue se concentrar nem investir se estiver passando necessidade financeira ou até mesmo fome.

Tenho alguma experiência com concursos públicos e com programas de trainee. Provavelmente em breve vou publicar posts aqui sobre essas duas opções. Tem alguma dúvida específica?

Até mais!

Posts relacionados