Busca

Carregando...

terça-feira, 12 de julho de 2011

Separe o lixo seco do orgânico

Separe o lixo - tetra pak

Quando eu vi a campanha Separe o Lixo e Acerte na Lata eu vibrei de alegria! Sempre sonhei com uma propaganda assim na TV aberta. Separar o lixo é um ato extremamente simples, útil e óbvio, mas os brasileiros infelizmente se recusam a fazer no dia-a-dia. As pessoas morrem de preguiça de reprogramar o cérebro para aprender o jeito certo. Nem minha família eu consigo convencer, vamos ver se com essa ajuda do Ministério do Meio Ambiente fica mais fácil.

► Como eu faço

Aqui na minha rua é ainda mais simples porque temos a coleta seletiva da prefeitura de Goiânia, que passa toda segunda-feira à noite. Na minha casa as lixeiras próprias para lixo orgânico são as dos banheiros e a da cozinha. O lixo seco vai para a pequena lixeira do escritório ou para uma grande sacola que eu sempre deixo na área de serviço, onde coloco garrafas pet, caixinhas tetra pak (de leite e suco) e outras embalagens.

Para o caminhão de lixo orgânico não levar o lixo seco por engano e misturar tudo de novo, só coloco o lixo reciclável na calçada no início da noite de segunda-feira. O lixo orgânico coloco pra fora nos dias de coleta normal.

Com o passar do tempo nosso cérebro vai ficando esperto. Hoje em dia, se eu abro uma caixa de creme dental, por exemplo, ao invés de jogá-la automaticamente na lixeira do banheiro, eu a deixo sobre o armário e levo para a lixeira certa quando termino de escovar os dentes. Meus pais não me criaram para fazer assim, fui me policiando e consegui mudar. Você também pode! Smiley piscando

► Sem coleta seletiva

Nas ruas onde não tem coleta seletiva a dica é observar os hábitos do catador de lixo. Alguns deles sabem o horário do caminhão da prefeitura e passam algumas horas antes, outros passam nos dias em que o caminhão não passa. De qualquer forma, se você deixar o lixo seco bem separado do orgânico, já facilita bastante o trabalho deles. Fica mais fácil também para aqueles catadores que, em algumas cidades, trabalham no próprio lixão.

Minha outra dica é deixar o lixo orgânico bem protegido. Se você usa sacolas de supermercado, por exemplo, sempre coloque uma sacola extra no sentido oposto, para não vazar pela abertura. Assim diminui o risco de contaminação do lixo seco com o lixo orgânico e aumenta a probabilidade de que ambos sejam devidamente aproveitados, já que em algumas cidades o lixo orgânico também é reutilizado como adubo ou queimado para produzir energia.

► Separando

Lixo seco = lixo reciclável:
  • papel
  • metal
  • plástico
  • vidro
  • tetra pak (papel + alumínio)

Lixo úmido = lixo orgânico:
  • restos de comida
  • cascas e ossos
  • pó de café e chá
  • galhos e podas
  • lixo do banheiro

Saiba mais sobre a campanha no site www.separeolixo.com.

Até mais!

Posts relacionados