Busca

Carregando...

domingo, 20 de novembro de 2011

Os talentos de Alan Cumming

Alan Cumming

Me tornei fã assumida de Alan por causa de seu adorável e impecável Eli Gold em The Good Wife. Mas, graças ao Universal Channel, descobri um bom pretexto para fazer um post sobre esse talentoso artista escocês aqui.

Cumming é versátil e completo: faz música, teatro, cinema, TV, propaganda; canta, dança, interpreta, produz, dirige, escreve. O mais importante é que ele consegue ser muito bom em tudo isso sendo assim um dos raros seres que tiveram o feeling e a coragem de escolher não o ofício correto, mas a carreira perfeita.

Alan loiro

Não é segredo que a maior parte do elenco da série The Good Wife me encanta. A cada cena de Archie Panjabi (a misteriosa Kalinda), Chris Noth (o delicioso Peter), Josh A. Charles (o charmoso Will), Christine Baranski (a poderosa Diane) ou Julianna Margulies (a resiliente Alicia) sinto aquela emoção de espectadora grata por ver uma grande atuação, algo que geralmente só experimento em boas peças de teatro. Porém, as curtas aparições do estrategista político Eli Gold são ainda mais preciosas porque, independente do colega de cena, Alan sempre a rouba e me faz acreditar que só por seu trabalho já valeria a pena assistir a série.

Hoje tive a oportunidade de conhecer o Cumming cantor e me surpreendi com sua afinação e voz agradável. Algumas letras são bastante ortodoxas e podem chocar alguns, mas eu amei porque até quando ele canta palavrão soa como canção de amor. Recomendo para quem curte contrastes assim. Smiley piscando

Alan com cachecol listrado

Como se eu já não tivesse bastantes motivos para admirar Cumming, o UC me conta que o fofo tem seu próprio perfume. Como os leitores mais atentos já devem ter percebido, eu não sou muito fã de fragrâncias masculinas, mas por se tratar de Alan fiz questão de pesquisar mais.

Alan Cumming com blusa listrada

Algumas notas do perfume Cumming, lançado em 2004, são de assustar até mesmo uma fã de Womanity: uísque, charuto, couro, lama, fungos… A boa notícia pra mim (ou não) é que essa primeira versão já foi descontinuada, mas mesmo assim o comercial de divulgação, do qual gostei bastante, merece ser assistido.

ATENÇÃO: o vídeo abaixo contém cenas de seminudez masculina. O modo de privacidade otimizada está ativo.

Em 2010 foi lançada a fragrância 2nd (Alan) Cumming pela marca CB I Hate Perfume do perfumista Christopher Brosius, o mesmo que fez Cumming. 2nd é divulgado como uma nova interpretação do primeiro perfume. Tem os mesmos acordes olfativos, mas ingredientes de melhor qualidade. Esse ainda está à venda no exterior. Quando for possível eu experimento.

Alan como Glitch na minissérie Tin Man

► Continue apreciando o trabalho de Alan Cumming:

Bom cheiro!

Posts relacionados