Busca

Carregando...

domingo, 27 de maio de 2012

Meus favoritos da TV aberta brasileira

Televisor

Salve a TV aberta brasileira! E isto não é uma saudação. Realmente é preciso salvar a nossa programação “gratuita” de TV. Mas, por incrível que pareça, não estou aqui para falar mal dela. Quero citar meus programas favoritos no meio dessa porcaria toda. Atenção! Vou citar meus programas favoritos. Não vou citar os melhores, mas meus favoritos. Sei que alguns têm dificuldades em aceitar a opinião alheia, mas isto aqui é um blog pessoal e intransferível, não é uma revista especializada. (Chega, Helen! Já entendemos.) Vou citar meus favoritos e ponto final.

❖ Notícias

Dentre os telejornais matinais eu só gostava do Bom Dia, Brasil, mas desde que o Chico Pinheiro se tornou apresentador… Bem, o Chico Pinheiro é ótimo repórter, também é ótimo apresentando o Sarau, lá na Globo News. Volta para o Brasil, Renato Machado! Tá, eu sei que o Renato Machado não vai voltar de Nova Iorque tão cedo. Então podiam colocar outra pessoa no lugar do Chico. Que tal o Eduardo Grillo?

Dona @Rede_Globo, coloca o Eduardo Grillo para apresentar o @BomDia_Brasil!

Mas já disse que não estou aqui para falar do que não gosto. Então vamos mudar de assunto. Pelo mesmo motivo vou pular os telejornais do almoço e da tarde.

Gosto de todos os telejornais nacionais da noite e da madrugada que minha TV aberta consegue sintonizar, como não tenho UHF isso inclui Globo, Record, Band, SBT e TV Cultura. Se eu pudesse assistiria todos, mas como não é possível vou assistindo pedaço de um, pedaço de outro. Cada telejornal defende o seu lado, cada um dá a notícia do seu jeito, muitas vezes confirmando estereótipos negativos, reforçando comportamentos prejudiciais à sociedade. E acho que é justamente por isso que sinto muito prazer em assistir todos, porque observo que não existe um telejornal muito melhor do que os outros, todos têm excelente qualidade técnica, ótima produção, mas também erram tentando acertar e são tendenciosos quando lhes convém.

Mas meu favorito mesmo é o Jornal da Cultura (TV Cultura, 21h10, 2ª a sábado) porque é o que melhor analisa as notícias econômicas e internacionais. Me divirto quando eles colocam um comentarista com pensamento “de esquerda” e outro com pensamento “de direita” e os dois discordam totalmente de alguma decisão governamental recente. É ótimo. Nos faz conhecer diferentes e pertinentes pontos de vista sobre um mesmo assunto, o que nos ajuda a perceber que tudo é ainda mais complicado do que parece.

Jornal da Cultura

Nos telejornais editamos as matérias para que elas não fiquem confusas e com isso um ponto de vista acaba prevalecendo sobre os demais, geralmente aquele que tem o reforço das imagens. Em uma reportagem o telespectador não pode ficar com a sensação de que não entendeu porra nenhuma, mas no debate ao vivo não é assim: cada um opina de um jeito e você fica com a sensação de que não entende porra nenhuma, porque na verdade a gente não entende porra nenhuma mesmo. Saber que não sabe é o melhor dos saberes. Ops! Tô filosofando demais. Vamos para o próximo gênero.

❖ Entrevistas

Assim como todo mundo que assiste TV, sou muito fã de programas de entrevistas. Fazem tanto sucesso que as emissoras os colocam de madrugada justamente porque eles conseguem segurar a audiência do canal após o famoso “horário nobre”. Vou colocar em ordem alfabética porque não consigo nem compará-los para dizer qual é o melhor.

► Canal Livre // Band, à 00h15 de domingo para 2ª feira. // Apesar do Antônio Teles, que é afônico faz tempo e a gente mal entende o que ele pergunta (mas o Fernando Mitre o mantém lá por algum motivo), o Canal Livre é um excelente programa de entrevistas.

► De Frente Com Gabi // SBT, à 00h00 de domingo para 2ª feira. Reprise à 00h35 de 4ª para 5ª feira. // No GNT os entrevistados geralmente são mais interessantes, mas depois que eu gostei da entrevista com a Valesca Popozuda, a Marília Gabriela pode ir até para a Rede TV que eu continuo assistindo.

► Programa do Jô // Globo, em algum horário entre 00h15 e 01h00, de 3ª a sábado. // Para gostar do programa é preciso aceitar que o Jô não é jornalista. Ele é comediante e entrevista como tal: não faz muita questão de aproveitar os ganchos que o entrevistado dá para perguntas interessantes e interrompe respostas interessantes com perguntas inusitadas. Sem falar nas muitas vezes em que ele começa a entrevista sem ter lido nada sobre a pessoa antes. Apesar disso, o programa tem excelentes produtores que conseguem sempre levar excelentes entrevistados que, de um jeito ou de outro, conseguem contar boas histórias.

► Roda Viva // TV Cultura, 2ª feira às 22h00. Reprise à 01h00 de 5ª para 6ª feira. // Aprendo demais com esse programa. Recomendo muito.

Roda Viva

► Show Business // Band, à 00h30 de sábado para domingo. Reprise à 01h15 de domingo para 2ª feira. // Apresentado por João Dória Jr., o Show Business tem como tema o empreendedorismo. Os entrevistados são empresários e também profissionais autônomos que alcançaram sucesso em sua carreira e em seus negócios. É uma boa forma de conhecer cases de sucesso sob o ponto de vista de seus protagonistas.

❖ Entretenimento

► 50 por 1 // Record, à 00h30 de sábado para domingo. // O Álvaro Garnero demonstra tanta naturalidade como repórter e apresentador como eu demonstraria operando um cérebro. Mas o programa tem ótima produção, ótimos cinegrafistas, ótimos editores… O resultado final é muito bom. (Meu aniversário é dia 13/08 e tem DVD do 50 por 1 no Submarino. #ficadica)

Álvaro Garnero

► Agora é Tarde // Band, de 3ª a 6ª às 23h45. //  O programa é muito curto para ser considerado de entrevistas. Mesmo quando eles levam um único convidado sobra pouco tempo para as perguntas. Mas é um programa engraçado. Gosto do humor bobalhão do Danilo Gentili. Gosto demais do Marcelo Mansfield. Curto aquelas piadinhas do Jornal do Futuro. Programinha bom para desanuviar antes de dormir.

► Altas Horas // Globo, começa entre 00h30 e 02h30 de sábado para domingo. // Sou fã do Sérgio Groisman desde a minha adolescência, quando ele apresentava Programa Livre. Além dos cantores da Som Livre que têm cota garantida nos programas da Globo, o Serginho, sempre que pode, leva artistas que não têm espaço em outros programas da emissora. Foi no Altas Horas que vi e ouvi pela primeira vez a cantora Céu e a Orquestra Rumpilezz, só para citar dois exemplos.

► Aventura Selvagem // SBT, 00h00 de 4ª para 5ª feira. // Me comovo com o amor que Richard Rasmussen tem pelos animais selvagens, seja um crocodilo do pântano ou uma perereca fluorescente.

Richard Rasmussen

► Custe o Que Custar // Band, 2ª feira às 22h30. Reprise no sábado às 23h45. // Vou mentir não, meus favoritos eram Danilo Gentili e Rafael Bastos, mas Oscar Filho, Rafael Cortez e Ronald Rios ainda fazem o programa valer a pena. O Top 5 também, é claro, apesar do Marcelo Tas sempre tirar um pouco a graça porque fala demais antes.

► Esquadrão da Moda // SBT, sábado às 20h30. // Amo demais esse programa de utilidade pública.

❖ Teledramaturgia

Devo confessar que depois de Passione nunca mais tive paciência para novela brasileira. “Coincide” com a época em que me tornei viciada em séries estadunidenses. Tentei assistir Avenida Brasil, mas achei os diálogos prolixos demais. De vez em quando assisto algum capítulo de Carrossel no SBT e fico tentando lembrar como era aquela cena na versão mexicana. Estou muito afim de assistir a série Fora de Controle na Record, mas ainda não me lembrei de ligar a TV na hora que passa.

ATENÇÃO: Os horários dos programas foram checados nos sites das respectivas emissoras no dia 27/05/2012. Não atualizarei o post caso haja mudanças porque isso vai me tomar muito tempo, já que há muitos programas do SBT na lista.

Até mais!

Posts relacionados