Busca

Carregando...

terça-feira, 26 de junho de 2012

Fleurs de Cerisier: usei até o fim

L'Occitane en Provence

Como você provavelmente já sabe, em 2012 estou mais esforçada em continuar ou terminar o que comecei em anos anteriores. E isso inclui bens materiais.

Perfumes importados têm validade contada a partir da data de abertura do frasco, é quando o produto entra em contato com o ar e começa a oxidar. Assim sendo, ter muitos perfumes abertos ao mesmo tempo não é um bom negócio a longo prazo. Atualmente, por exemplo, estou com 9 perfumes, então dificilmente consigo usar todos eles em menos de três anos, que geralmente é o prazo de validade máximo.

Como não quero passar por esse transtorno de ver um perfume caro e delicioso perdido, estou me esforçando para usar cada um deles até o fim. Quero chegar ao ponto de ter só três perfumes abertos ao mesmo tempo, os demais lacrados aguardando a vez. Será que consigo?

Fleurs de Cerisier - frente Fleurs de Cerisier - verso

Bem, não sei se chego a tanto, mas hoje já posso comemorar ter usado Fleurs de Cerisier (L’Occitane) até a última gota. É a primeira vez que gasto um frasco de 100 mL inteiro e sem nunca enjoar do perfume.

  • Floral fresco
  • Notas de topo: cereja e frésia.
  • Notas do meio: flor de cerejeira e lírio do vale.
  • Notas de fundo: âmbar e almíscar.
  • Concentração: eau de toilette.

Também conhecida como Cherry Blossom e Flor de Cerejeira, essa fragrância me conquistou em 2010 ao primeiro sopro. É um perfume que recomendo a todas as mulheres. Uma fragrância feminina, suave e ao mesmo tempo com aquela harmonia sofisticada que sempre encontramos nos perfumes da marca.

Depois de usar e abusar dessa joia etérea da L’Occitane, já escolhi a minha próxima vítima:

Frescor Ekos Maracujá

Se você comparar a foto acima com a foto do post que fiz sobre o perfume há quase um ano atrás, vai notar que praticamente não usei meu querido Frescor Ekos Maracujá (Natura) em todo esse tempo. Fica até parecendo que não gosto mais dele, mas o adoro. Só que ele estava no fundo do armário, escondido e esquecido. Como é um dos meus frascos mais antigos, a meta agora é acabar com ele, mas no bom sentido: vou usar até o fim. Os demais frascos que esperem a vez.

Até mais!

Posts relacionados