Busca

Carregando...

domingo, 27 de janeiro de 2013

Jardins de Bagatelle EDT (Guerlain)

Suculento floral branco. Reconheço minha incapacidade em descrevê-lo, mas vou fazer o post para provar que eu tentei.

Adoro esse perfume logo nas notas de abertura. Desinfetante de violeta, limpador de limão, aromatizador de jasmim. No começo, Jardins de Bagatelle tem cheiro de faxina.

Logo em seguida estão as flores. Muitas delas. Algumas se destacam mais, como tuberosa e gardênia, mas não consigo dizer onde começa o cheiro de uma e termina o da outra. É a fragrância cremosa de um buquê com várias espécies, quase todas brancas.

Tuberosa
Tuberosa, uma das flores mais fortes no perfume.

Patchouli e néroli mantêm a intensidade também na base. Mas cedro e almíscar não deixam que a fragrância perca o equilíbrio. O drydown é muito charmoso.

  • Notas de topo: jasmim, violeta, aldeídos, limão e bergamota.
  • Notas do meio: gardênia, rosa, flor de laranjeira, tuberosa, magnólia, ylang-ylang, orquídea, lírio do vale e narciso.
  • Notas de base: tuberosa, cedro, vetiver, patchouli, almíscar e néroli.

Fantástico, opulento, luxuoso. Antes que perguntem se ele é muito datado, já aviso que ele é totalmente anos 80. Como eu amo tudo que se refere à década, isso pra mim é apenas mais uma qualidade da fragrância.

Ylang-ylang

Sem falar que ele me leva para o comecinho da minha infância. Mais precisamente para Goianésia. Acho que alguém de lá usava esse perfume na época. Que delícia de viagem no tempo e no espaço!

  • Lançamento: 1983
  • Público-alvo: mulheres adultas
  • Concentração: EDT e EDP
  • Perfumista: Jean Paul Guerlain
  • Designer do frasco: Robert Granai

É um perfume intenso, do começo ao fim. O rastro é longo. Na minha pele, o EDT tem duração moderada. Passei antes de dormir e no outro dia não dava para sentir mais.

O site da Guerlain sugere borrifar Jardins de Bagatelle na parte de baixo do guarda-chuva para dar um “toque positivo” a seus passeios na chuva. Amei a dica! Vou experimentar ainda esta semana.

Mais pela sensação que provoca do que pela semelhança, esse perfume pode agradar quem gosta de:

  • Montaigne (Caron)
  • Jasmin EDP (L'occitane)
  • Poême (Lancôme)

Citado no livro 100 Parfums de Légende (100 Perfumes de Sempre em Portugal), esse clássico ainda está firme e forte nas prateleiras, apesar de ser muito difícil encontrar no Brasil, como a maioria dos perfumes Guerlain.

Bom cheiro!

Fotos: Aol Shopping, Rühlemann's e Theida.

Posts relacionados