Estou de férias em setembro, por isso talvez não atualize toda semana.

Helen Fernanda

sábado, 23 de fevereiro de 2013

A credibilidade gramatical da Fundaso

Atualizado dia 22/03/2013.
ATENÇÃO! Fraude: Iceam.gov não existe!

As pernas estão abertas. Enquanto não for criada legislação específica vamos ter “organizadoras” de concursos de fundo de quintal nascendo todo dia, são as RBOs da vida.

Mas talvez isso demore a acontecer, já que os próprios políticos se beneficiam disso: muitas dessas “organizadoras”, que conseguem ganhar as licitações sabe-se lá como, são ligadas a parentes e amigos deles. Por isso é bom pesquisar a credibilidade da empresa antes de se inscrever.

Só que em alguns casos nem é preciso procurar no Google: o grau de confiabilidade já está estampado no próprio site. Ontem descobri uma empresa assim: Fundaso, que já está pegando até concurso federal.

Não tem coisa que pese mais contra a seriedade de uma pessoa - física ou jurídica - do que cometer erros de português que nem um bom aluno de 7ª série cometeria. Se tivesse contratado pelo menos um menor aprendiz para fazer esse trabalho, o texto seria melhor.

O primeiro menu do site já é de dar coceira nos olhos:

Tudo indica que eles tinham um saco de acento agudo sobrando e foram distribuindo. Olhe o rodapé:

Também não sabe usar os porquês. É verdade que em algumas frases mais complexas a gente pode ficar em dúvida, mas usar o porquê errado em uma frase de duas palavras que termina com interrogação? Nem o menor aprendiz seria capaz de tanto.

Não sabe usar vírgulas, pontos nem maiúsculas. Que horror!

Apesar de todos os erros, consegui compreender a mensagem. A Fundaso é uma falsa ONG. Há vinte anos ela recebe dinheiro público para não fazer nada e agora rouba ganha mais dinheiro público realizando concursos também.

Se fosse uma empresa totalmente inovadora, que só organizasse concursos que não exigem conhecimento de língua portuguesa, talvez fizesse algum sentido violentar a norma culta publicamente assim. Como não é o caso, é só tiro no pé mesmo.

Vai prestar algum certame dessa organizadora? Boa sorte! Você vai precisar muito, pois o “português” deles é diferente do nosso e vai atrapalhar você na interpretação dos enunciados (faz de conta que é só por isso).

Caso contrário, memorize o site da safada, que estupra o idioma na frente de todo mundo e nem se envergonha disso:

www.fundaso.com.br
ATENÇÃO! Fraude: Iceam.gov não existe!

Até mais!

14 comentários:

  1. Olá Helen como vai?

    Gostei muuuuito do seu Blog e dos seus textos, especialmente este sobre "A credibilidade gramatical da Fundaso".
    Você tem mais alguma informação de concursos anteriores realizados por essa empresa?
    Convocações foram feitas?

    Obrigado.
    Bond.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho, mesmo porque nunca tinha ouvido falar dessa empresa.

      Mas ter convocação ou não revela muito pouco, já que quem convoca é o órgão. A ECT (Correios), por exemplo, geralmente contrata empresas idôneas para organizar os concursos. Quem não convoca os aprovados é a ECT.

      O que já vi ocorrer em outras organizadoras (não nessa) é a manipulação de resultados, ao gosto do administrador do órgão que a contratou.

      Neste post destaquei apenas o amadorismo da Fundaso, consequência da falta de legislação específica.

      Obrigada pela visita e boa sorte nos concursos. Volte sempre!

      Excluir
  2. Eu até "estranhei" que uma "empresa" sem fins lucrativos, cobre, além da taxa de inscrição, R$ 1.00 (um real) a mais (R$ 1,00 por emissão do boleto? O que é isso?) e depois faz um comunicado informando que o valor da taxa está errado. Muito "esquisito" isso não? Além do Edital bagunçado, com informações confusas, ninguém atende os telefones dos números informados, isso soa muito mais "estranho". #ficaadica

    ResponderExcluir
  3. Eu desisti de fazer um concurso por essa organizadora. Tudo parece estranho! O concurso é para vagas na ICEAM, mas não se encontra nada na internet sobre o tal instituto. O edital é confuso, não especifica o conteúdo direito, uma zona!

    ResponderExcluir
  4. Eu ia fazer esse concurso mas é tudo muito doido mesmo. Será que eles não sabem que existem os editais da CESPE e da FCC pra eles terem como base? Não há clareza no edital. Há uma disparidade entre esse trecho do comunicado "Qual a Graduação que o Candidato precisa ter para concorrer ao Cargo de Gerente Administrativo I? R. Graduação em todas as Áreas de Formação Profissional. Quem for aprovado na Primeira Fase, irá participar da Segunda Fase que é o Curso de Capacitação." e esta parte do edital ", mas possuir
    também experiência, através de vivência acadêmica adicional ou profissional. Experiência em análise financeira e na geração
    de informações estratégicas para a tomada de decisões. Boa capacidade de comunicação formal (redigir documentos e
    relatórios) e inter-pessoal para trabalhar em grupo. Perfil de liderança, dinamismo e pró-atividade. Possuir alguma
    experiência com gestão de pessoas. Forte senso de organização. Bom conhecimento de informática (Windows, Word, Excel,
    PowerPoint, Internet). Nível de inglês básico (leitura e para responder e-mails de menor complexidade). Disponibilidade para
    fixar residência na Capital ou em região metropolitana da Capital, do estado que for indicado.
    Constituem condições desejáveis para o cargo e serão considerados como diferenciais: Pós-graduação na área
    Administrativa e financeira. Inglês ou espanhol fluente, pois o candidato aprovado poderá empreender viagens ao Exterior a
    Serviço do ICEAM. Experiência no setor administrativo-financeiro em cargos com grande responsabilidade profissional.
    Experiência de pelo menos três anos no terceiro setor"

    Esta segunda parte seria um diferencial e contaria pontos, como num edital de organizadora séria e confiável é contabilizado um ponto a quem tem mestrado ou 2 pontos a quem tem doutorado. Eu ia fazer esse concurso mas é lastimável tudo a respeito desta organizadora. Aliás, desta desorganizadora.

    ResponderExcluir
  5. Banca fraquinha, fraquinha! Atropelam totalmente o nosso português!

    ResponderExcluir
  6. Vi o edital do concurso dessa (DES)organizadora, e achei bem estranho desde o início, além dos erros de português, o edital sem o conteúdo programático da matéria específica, até para pedir isenção (como é o meu caso) é tudo muito confuso, bem coisa de amador mesmo. Por isso resolvi pesquisar a respeito e só encontrei coisas negativas, tô fora!!!

    ResponderExcluir
  7. Acabei de entrar na página da Fundaso e eles escreveram "segunda Faze" com Z...meu Pai Eterno que absurdo kkkk quem quiser pode conferir kkkk segue o link :

    http://www.fundaso.com.br/concurso.php?TIPO=A

    PERGUNTA: Qual a Graduação o Candidato precisa ter para concorrer ao Cargo de Gerente Administrativo I?

    R. Graduação em todas as Áreas de Formação Profissional, quem for aprovado na Primeira faze, irá participar da Segunda Faze que é o Curso de Capacitação

    ResponderExcluir
  8. Suspeita de estelionato coloca concurso do Iceam na mira do MPF-DF


    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica-brasil-economia/33,65,33,3/2013/03/22/internas_economia,356194/suspeita-de-estelionato-coloca-concurso-do-iceam-na-mira-do-mpf-df.shtml

    ResponderExcluir
  9. 22/02/2013 - MPF/DF requisita instauração de inquérito policial para investigar concurso do ICEAM

    http://www.prdf.mpf.gov.br/imprensa/22-02-2013-mpf-df-requisita-instauracao-de-inquerito-policial-para-investigar-concurso-do-iceam

    ResponderExcluir
  10. Esse aqui é o edital do concurso ICEAM.GOV no Diário Oficial da União:

    http://www.jusbrasil.com.br/diarios/51086972/dou-secao-3-21-02-2013-pg-152/pdf

    Se o edital foi publicado no Diário Oficial da União, então o concurso é sério?

    ResponderExcluir
  11. Esse caso do concurso do Iceam.gov pela Fundaso é um dos mais escabrosos da história dos concursos públicos.

    ResponderExcluir

Posts relacionados