Busca

Carregando...

sábado, 23 de fevereiro de 2013

A credibilidade gramatical da Fundaso

Atualizado dia 22/03/2013.
ATENÇÃO! Fraude: Iceam.gov não existe!

As pernas estão abertas. Enquanto não for criada legislação específica vamos ter “organizadoras” de concursos de fundo de quintal nascendo todo dia, são as RBOs da vida.

Mas talvez isso demore a acontecer, já que os próprios políticos se beneficiam disso: muitas dessas “organizadoras”, que conseguem ganhar as licitações sabe-se lá como, são ligadas a parentes e amigos deles. Por isso é bom pesquisar a credibilidade da empresa antes de se inscrever.

Só que em alguns casos nem é preciso procurar no Google: o grau de confiabilidade já está estampado no próprio site. Ontem descobri uma empresa assim: Fundaso, que já está pegando até concurso federal.

Não tem coisa que pese mais contra a seriedade de uma pessoa - física ou jurídica - do que cometer erros de português que nem um bom aluno de 7ª série cometeria. Se tivesse contratado pelo menos um menor aprendiz para fazer esse trabalho, o texto seria melhor.

O primeiro menu do site já é de dar coceira nos olhos:

Tudo indica que eles tinham um saco de acento agudo sobrando e foram distribuindo. Olhe o rodapé:

Também não sabe usar os porquês. É verdade que em algumas frases mais complexas a gente pode ficar em dúvida, mas usar o porquê errado em uma frase de duas palavras que termina com interrogação? Nem o menor aprendiz seria capaz de tanto.

Não sabe usar vírgulas, pontos nem maiúsculas. Que horror!

Apesar de todos os erros, consegui compreender a mensagem. A Fundaso é uma falsa ONG. Há vinte anos ela recebe dinheiro público para não fazer nada e agora rouba ganha mais dinheiro público realizando concursos também.

Se fosse uma empresa totalmente inovadora, que só organizasse concursos que não exigem conhecimento de língua portuguesa, talvez fizesse algum sentido violentar a norma culta publicamente assim. Como não é o caso, é só tiro no pé mesmo.

Vai prestar algum certame dessa organizadora? Boa sorte! Você vai precisar muito, pois o “português” deles é diferente do nosso e vai atrapalhar você na interpretação dos enunciados (faz de conta que é só por isso).

Caso contrário, memorize o site da safada, que estupra o idioma na frente de todo mundo e nem se envergonha disso:

www.fundaso.com.br
ATENÇÃO! Fraude: Iceam.gov não existe!

Até mais!

Posts relacionados