Busca

Carregando...

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Ubuntu: trocar cursor no Unity e no Gnome

Ubuntu

Trocar cursor no Ubuntu 12.10 não é intuitivo. Este post é voltado para quem não gosta do cursor padrão do sistema operacional, seja pelo tamanho ou pelo design mesmo, e quer aprender a mudar.

Seguem as configurações do tutorial:

  • Desktop: Gnome Classic
  • Gerenciador de arquivos: Nautilus
  • Gerenciador de pacotes: Synaptic
  • Tema de cursor que será instalado: Obsidian

Portanto, você deve adaptar minhas instruções às suas personalizações.

  1. Salve a pasta do cursor desejado
  2. Verifique a pasta correta
  3. Abra o gerenciador de arquivos como administrador
  4. Salve a pasta dentro de “Icons”
  5. Copie os arquivos para “default”
  6. Abra o gnome-tweak-tool
  7. Sugestões de temas de cursor

1º passo - salve a pasta do cursor desejado

No site Gnome-Look.org, vá até a categoria X11 Mouse Themes para procurar o modelo desejado ou pegue alguma dica que deixei no final do post. Neste tutorial vamos instalar o Obsidian.

Obsidian Cursors

Na página do cursor, clique no botão de Download.

Download

Salve na área de trabalho:

Salvar como

Usando o botão direito, escolha a opção Extrair aqui. O print abaixo já mostra a pasta extraída:

Pasta extraída

2º passo - verifique a pasta correta

Após extrair, abra a pasta Obsidian e verifique se dentro dela há, pelo menos, uma pasta cursors e um arquivo index.theme:

Dentro da pasta Obsidian

Isso significa que o tema escolhido não tem variações de cores e tamanhos. É importante saber isso para prosseguir o tutorial.

Se o tema se chama Bolacha, por exemplo, mas quando você abre a pasta encontra mais duas, Bolacha-Marrom e Bolacha-Bege, tem que verificar se em cada um deles tem uma pasta cursors e o arquivo index.theme. Caso tenham, sugiro que as coloque na área de trabalho (fora da pasta Bolacha) antes de continuar.

3º passo - abra o gerenciador de arquivos como administrador

Use o terminal para executar o seguinte comando:

sudo nautilus

Digite sua senha em seguida:

Sudo Nautilus

Na janela do Nautilus, siga o seguinte caminho: Sistema de Arquivos » usr » share » icons.

Pasta de ícones

Sim, é o que parece: a pasta de cursores é a mesma pasta de ícones. Acho isso extremamente errado e desorganizado, mas é assim que é.

4º passo - salve a pasta dentro de “Icons”

Copie ou arraste a pasta Obsidian, que deve estar em sua área de trabalho, para a pasta Icons.

Obsidian dentro de Icons

Quanto ao exemplo fictício Bolacha, você tem que salvar dentro de Icons apenas as pastas Bolacha-Marrom e Bolacha-Bege. Se salvar a pasta Bolacha com as duas dentro, não vai funcionar.

5º passo - copie os arquivos para “default”

Ainda dentro de Icons, encontre a pasta default e apague tudo que tem dentro dela.

Pasta default apagando

Agora copie (não recorte nem arraste!) tudo que tem dentro de Obsidian para a pasta default.

Copiar de dentro de Obsidian
Colar dentro de default

Sei que esse passo parece um exagero, mas infelizmente o cursor não funciona corretamente sem ele.

No caso de ter duas ou mais versões diferentes do mesmo cursor, escolha uma das versões para testar primeiro. Bolacha-Bege, por exemplo.

6º passo - abra o gnome-tweak-tool

Esse programa já está no repositório do Ubuntu. Portanto você o encontrará rapidamente em seu gerenciador de pacotes:

gnome-tweak-tool

Se está instalando um pacote pela primeira vez, clique com o botão direito, selecione Marcar para instalação » Marcar e em seguida clique no botão Ativar.

Depois da instalação, execute gnome-tweak-tool pelo terminal. Você também pode encontrar o programa pelo nome Ferramentas de ajuste. No menu do Gnome Classic, fica em Ferramentas de sistema » Preferências.

Selecione a opção Temas e mude o Tema do cursor para Obsidian:

Obsidian selecionado

Encerre a sessão e logue novamente para ver seu cursor funcionando:

Cursor instalado

Sei que da primeira vez parece complicado, mas com o tempo você faz tudo isso em menos de 10 segundos. A boa notícia é que, para alternar entre cursores que já estão na pasta Icons, basta realizar os passos 5 e 6, se lembrando sempre de abrir o gerenciador de arquivos com sudo.

► Sugestões de temas de cursor

Todos as dicas abaixo eu testei e aprovei.

a) Aero Mouse
Cursor do Windows.
b) BlueIllusion2 e BlueIllusion2 Orange
Cursor grande, colorido e bem feito. Me agrada bastante.
c) Chrome Glass
Transparente e elegante, mas funciona melhor nos temas claros. Nos escuros fica muito escondido.
d) ComixCursor
Esse tema é descontraído, “fofinho” e tem dezenas de variações de cores, tamanhos e modelos. Algumas dicas para você não instalar pastas desnecessárias:
  • LH são os cursores canhotos (que apontam para a direita).
  • o tamanho small é muito pequeno (na minha opinião de míope).
  • o tamanho regular é pequeno (na minha opinião de míope).
  • o tamanho large é médio (na minha opinião de míope).
  • o tamanho huge é enorme.
e) Grounation
Cursor branco “de plástico”.
f) Lliurex
Belíssimos cursores inspirados no tema Oxygen.
g) Polar Cursor Theme
Esse é o tema que eu estava usando durante o tutorial, antes de instalar Obsidian.

Este tutorial funciona no Unity, mas não adianta me fazer perguntas sobre ele porque o usei apenas até instalar o Gnome. Depois apaguei sem dó.

Aprendi a trocar cursor com um vídeo do Mauricio Novais, mas achei o tutorial dele um pouco prolixo porque ele abre o gnome-tweak-tool várias vezes sem necessidade alguma.

Até mais!

Primeira imagem: OS Customize

Posts relacionados