Busca

Carregando...

domingo, 8 de dezembro de 2013

Dica para arrumar mala: lista perene

Quem odeia fazer mala? Acho que a maioria das pessoas e eu não sou diferente nesse aspecto.

Na verdade o que eu mais detesto é o tempo que eu levo para terminar. Mesmo sem lista, dificilmente esqueço alguma coisa importante, nem que eu me lembre quando o táxi já está na porta. Mas sabe aquele esquema de deixar a mala pronta pelo menos 24 horas antes? Não funciona comigo porque quanto mais cedo eu começo a arrumar a mala, mais tempo levo para trancá-la: me lembro de mais coisas, troco itens e sinto necessidade de usar o que já está dentro da mala.

Logo que percebi essa minha dificuldade, comecei a usar listas. Mas a cada viagem eu fazia uma lista diferente de forma que primeiro eu tinha que me lembrar de colocar na lista para depois colocar na mala.

A solução óbvia foi criar uma lista única e usá-la religiosamente. Por ter um roteiro me dizendo o que fazer, não gasto muito tempo, então posso começar a arrumar a mala algumas horas antes de sair de casa ou na noite anterior, quando viajo de manhã.

Como é uma lista que serve para todo e qualquer tipo de viagem que eu faça, ficou enorme, mas é melhor sobrar do que faltar.

Cada lista impressa eu consigo usar para no mínimo quatro viagens diferentes: na primeira marco um X, depois marco um círculo, na terceira uso marca-texto, na quarta rabisco com caneta. Quando começa a ficar confuso imprimo uma lista nova.

Deixo o papel colado na parte interna da porta do meu armário de cosméticos porque é o mais centralizado e com melhor iluminação. É claro que na sua casa você escolhe o melhor lugar, mas indico que seja sempre no quarto (ou no closet, se você tem um) e que fique disponível e visível. Se você precisar viajar com urgência é melhor não perder tempo com computador, impressora e muito menos procurando o papel se ele estiver guardado em algum lugar.

Vou colocar aqui a minha lista. Você pode apenas se inspirar para organizar a sua ou copiar, colar no seu editor de texto preferido e fazer as adaptações necessárias. Lembrando que:

Bagagem de mão
é aquilo que fica perto de você, no seu colo, ao lado ou sob a cadeira da frente (em viagem de avião). No meu caso a bagagem de mão eu carrego em uma mochila. Recomendo a todos, bem mais confortável do que carregar pasta ou maxi-bolsa.
Mala maior
é aquilo que geralmente vai para o bagageiro (ônibus, avião), despacho (avião) ou porta-malas (carro).
Ir usando
é aquilo que vai estar colado ao seu corpo, por isso não precisa se preocupar em colocar outro item da mesma espécie na mala.
Bagagem de mão
  • Carteira. Sempre checar:
    • RG;
    • CPF.
    • cartão bancário;
    • dinheiro trocado para táxi ou ônibus.
  • Bolsa de mão pequena.
  • Livro para ler na viagem.
  • Estojo com:
    • uma caneta ou três canetas pretas de corpo transparente (concurso público);
    • lápis ou lapiseira;
    • borracha.
  • Agendas, inclusive as telefônicas.
  • Óculos que não estiver usando (normal ou de sol).
  • Caderno de viagens com informações sobre ônibus, táxi, hotel, evento/concurso, etc.
  • Celular.
  • Carregador do celular.
  • Casaco, jaqueta ou blazer (se não for usando).
  • Necéssaire com:
    • miniatura de perfume;
    • desodorante;
    • espelho;
    • batom;
    • fio, escova e creme dental;
    • lixa de unha;
    • prendedor de cabelo (piranha, liga);
    • creme para mãos;
    • creme para pentear os cabelos;
    • pente;
    • carbamazepina;
    • paracetamol ou dipirona;
    • Yaz;
    • Ponstam;
    • absorvente.
  • Estojo da máquina fotográfica com:
    • máquina;
    • cabo;
    • pilhas recarregadas;
    • carregador com pilhas reservas.
  • Comida e água para a viagem, se for o caso.
Mala maior
  • Calçados:
    • Par de chinelos.
    • Par para clima ameno: Melissa ou sapatilha.
    • Par para clima chuvoso: bota.
    • Par de sapato social ou sandália de festa, se for o caso.
  • Roupas:
    • Maiô, se for o caso.
    • Luvas, se for o caso.
    • Moleton para dormir.
    • Camisola para dormir.
    • Um conjunto de calça/bermuda jeans e camiseta para cada dia na outra cidade.
    • Três calcinhas para cada dia na outra cidade.
    • Par de meias para dormir.
  • Necéssaire maior com:
    • lâmina para depilar;
    • adstringente;
    • algodão;
    • sabonete facial antiacne;
    • base facial com filtro solar;
    • pó facial antiacne;
    • máscara para cílios;
    • estojo de maquiagem, se for o caso;
    • mais absorventes, se for o caso;
    • xampu e condicionar, se for o caso.
  • Mais livros, de acordo com o tempo fora.
  • Se não é hotel:
    • Cobertor.
    • Toalha de banho.
    • Sabonete.
Ir usando
  • Tênis preto com meia.
  • Calça jeans escura.
  • Cinto (tirar para passar no raio-X).
  • Camisa ou camiseta escura.
  • Sutiã bege.
  • Relógio.
  • Óculos (normal ou de sol).
  • Brincos.
  • Casaco, jaqueta ou blazer, se for o caso.

Para que a lista caiba em uma página só, divida cada seção em duas ou três colunas.

Vale lembrar que essa lista é de uma pessoa solteira que sempre viaja sozinha. Alguns itens podem sem compartilhados quando se viaja com alguém.

Observe que sou bastante detalhista, mas não é sem motivo. Já aconteceu de eu pegar a carteira sem notar que meu cartão bancário não estava nela; pegar o estojo da máquina e esquecer o carregador; pegar o estojo escolar e não notar que estava sem canetas pretas para fazer a prova.

Detalhista e ao mesmo tempo pragmática: calça escura, tênis escuro e camiseta escura me deixam confortável sem dar a falsa aparência de que estava na academia (lugar que odeio). Sutiã bege para não passar vergonha se levar alguma blusa transparente.

Vários itens têm a observação "se for o caso" porque a necessidade dele deve ser avaliada de acordo com a viagem:

  • Se vou passar uma noite em Brasília só para prestar concurso, por exemplo, só levo os tênis (que vou usando) mais um par de chinelos.
  • Xampu e condicionador só levo se for passar mais de três dias fora.
  • Se o clima está nublado e chuvoso tanto aqui como lá, não preciso levar óculos de sol com grau.
  • Se vou comprar roupas, calçados ou cosméticos na cidade de destino, não preciso levar tudo de casa. Acontece bastante quando vou à Goianésia porque minha avó tem um brechó onde eu sempre "faço a festa".
  • Quando preciso levar algo que não estão na lista porque só diz respeito àquela viagem específica, simplesmente adiciono com caneta ou já coloco direto na mala.

Sobre as malas:

  • Use mochila como bagagem de mão para ter mais coisas por perto sem entortar a coluna.
  • Para quem viaja só, é muito melhor carregar uma mala de chão enorme do que duas pequenas.
  • Prefira sempre malas de chão com rodinhas. As que têm quatro rodinhas são ainda melhores porque você pode movimentá-la com o pé quando seus braços se cansarem (quem já passou mais de 3 horas no aeroporto ou na rodoviária sabe do que eu estou falando).
  • Se acha as malas do shopping caras (quem não acha?), procure em hipermercados, em lojas do Centro (aqui em Goiânia sugiro a Rua 4) e nas Lojas Americanas, porque vendem marcas bem mais acessíveis.
  • Minha experiência (terra e cascalho em Brasília, pedras em Goianésia, chuvas nos aeroportos) diz que é melhor uma mala que fica arranhada (mas que é impermeável e não rasga) do que o contrário. Quando chove durante o embarque ou desembarque, a probabilidade de sua mala ficar molhada é muito grande.

Acho que por hoje é só.

Até mais!

Posts relacionados