quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Como formatar o pen-drive para caber arquivo com mais de 2 GB

Tentei dezenas de vezes passar um arquivo de 7,9 GB para meu pen-drive de 8 GB. Depois de muitas tentativas, procurei informações na internet (demorou!) e então descobri que ele estava formatado em FAT, que só aceita arquivos de até 2 GB. Desse modo, eu conseguiria colocar 4 arquivos de 2 GB no pen-drive, mas não um de 8 GB.

Soube então que eu precisaria formatar o pen-drive em NTFS ou ExFat. Sendo o segundo sistema mais recomendado, fui nele. Funcionou! Consegui passar o arquivo de 7,9 GB para o pen-drive. Mas era um filme que eu queria assistir na minha TV Samsung e ela não reconheceu o pen-drive formatado em ExFat.

Obviamente tentei de novo com a formatação em NTFS. Desta vez tudo funcionou: passei o arquivo de 7,9 GB para o pen-drive, a TV Samsung leu o arquivo e eu consegui assistir o filme em alta definição deitada na sala.

Então fica a dica: para colocar arquivos com mais de 2 GB no seu pen-drive, você pode formatá-lo em ExFat para abrir no Linux e no Windows. Se precisar acessar em outros dispositivos, escolha NTFS.

De toda forma, vou contar aqui os dois procedimentos que usei.

Para formatar o pen-drive em ExFat, usei o Terminal mesmo.

1. Para descobrir o caminho correto de onde está montado o pen-drive:

mount

Quando você teclar Enter vão aparecer os dispositivos conectados ao computador, como HDs, pen-drives, máquinas fotográficas e outras unidades.

Identifique a unidade correta onde está o seu pen-drive para não formatar a partição errada. No meu caso o caminho era /dev/sdb1, mas para não levar ninguém ao erro vou continuar o tutorial com um caminho fictício: /abc/def0. Substitua pelo endereço exato em que aparece o seu pen-drive.

2. Desmonte a unidade do pen-drive:

umount /abc/def0

3. Adicione o repositório exFat:

sudo add-apt-repository ppa:relan/exfat

4. Atualize tudo:

sudo apt-get update

5. Formate o pen-drive:

sudo mkfs.exfat /abc/def0

Feito.

Para formatar em NTFS, basta trocar exfat por ntfs. Em alguns casos você precisará primeiro instalar o pacote ntfsprogs:

sudo apt-get install ntfs-3g

E logo em seguida formatar:

sudo mkfs.ntfs /abc/def0

Mas confesso que não fiz isso, acabei preferindo usar o GParted, programa com o qual eu tenho familiaridade há alguns anos. Para instalá-lo:

sudo apt-get install gparted

Assim como no Terminal, é preciso saber exatamente qual é a partição do seu pen-drive antes de formatar. Como a interface do GParted é muito mais fácil de usar, acredito que também é mais fácil causar algum desastre nele do que no Terminal. Se estiver inseguro, prefira formatar pelo Terminal porque é mais difícil você digitar o caminho de outra partição sem querer.

Se for usar o GParted, primeiro desmonte (umount) o pen-drive para depois formatá-lo em ntfs. Esse tutorial em inglês é o que mostra melhor todos os passos necessários para formatar um cartão ou drive USB usando o GParted.

Quer saber mais sobre os sistemas de formatação compatíveis com Windows? Recomendo este artigo do site Oficina da Net: Qual a diferença entre NTFS, FAT, FAT 32 e exFAT.

Até mais!

2 comentários:

Posts relacionados