Busca

Carregando...

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Gerencie seu tempo com a técnica Pomodoro

Atualizado dia 02/08/2014.

Há alguns anos atrás descobri internet afora a famosa técnica Pomodoro. Ela é ótima para evitar tanto a procrastinação como a distração, por isso atualmente eu a uso nos estudos e para blogar.

A técnica é muito simples: durante 25 minutos (um pomodoro) você se mantém focado em sua tarefa. Durante os 5 minutos seguintes você faz uma pausa curta antes do próximo pomodoro e assim sucessivamente.

Depois de 4 pomodoros (cerca de duas horas) você tira uma pausa longa de 15 ou 30 minutos.

Vou dar algumas dicas para o uso desta técnica, todas baseadas na minha própria experiência.

Dicas para uso dos pomodoros

Dividir o tempo em fatias nos obriga a fatiar também as tarefas. Isso facilita bastante o "primeiro passo" e evita a procrastinação. Você sabe qual é o seu objetivo final e tem consciência de que terá que se esforçar para chegar lá, mas se você pensar apenas no trabalho todo, pode ficar desanimado, achar que não vai dar conta ou ficar com a sensação de que está tão longe de conseguir que não vale a pena começar. Mas se você pensar no que tem que ser feito nos próximos 25 minutos, além de se organizar melhor você encontra muito mais motivação.

O pomodoro também ajuda você a focar naquela tarefa porque sabe que só precisa se manter concentrado por 25 minutos, depois você terá um tempo para deixar a mente viajar por outros assuntos. Quando a gente realiza uma tarefa sem perspectiva de descanso, acaba se distraindo muito mais e por tempo ilimitado, no fim das contas a gente leva muito mais tempo para realizar a tarefa do que se tivesse feito pausas regulares.

Uma tarefa não necessariamente corresponde a um pomodoro. Uma tarefa pode precisar de vários pomodoros e um pomodoro pode ser usado para várias tarefas. O importante é manter o foco durante esse período e fazer uma coisa de cada vez, mesmo que sejam várias tarefas enfileiradas. Distraia-se apenas na sua pausa.

Para quem precisa estudar diversas matérias para vestibular ou concurso, o Pomodoro ajuda a intercalar as disciplinas, já que nossa tendência é fazer o que é mais prazeroso e menos produtivo: passar o dia inteiro estudando a mesma matéria. Tente estudar o máximo de matérias diferentes por dia, dedicando no mínimo 25 minutos para cada uma. Ao final dos seus meses de estudo, terá memorizado muito mais assim do que estudando a mesma matéria por várias horas consecutivas.

A eficiência da técnica Pomodoro tem muito mais a ver com a concentração do que com a pressa, mas com o uso contínuo a gente aprende a otimizar o tempo de realização das tarefas e ganha desempenho de atleta: cada vez melhor e mais rápido também.

Não use o pomodoro 24 horas por dia. Recomendo apenas para trabalho, estudo e hobbies que exigem disciplina, como aprender a tocar um novo instrumento. Para as horas livres e de lazer, melhor viver sem contar os minutos.

Aproveite bem as pausas

Recomendo a técnica Pomodoro para todas as pessoas que estudam ou trabalham sentadas. A pausa curta pode ser usada para fazer coisas básicas das quais geralmente nos esquecemos:

  • Ir ao banheiro.
  • Beber água.
  • Ficar em pé, andar, esticar o corpo.
  • Lavar o rosto, principalmente se estiver com sono ou calor.
  • Piscar os olhos (quem trabalha/estuda na frente do computador se esquece até disso).

Você pode usar a pausa curta tanto para ficar à-toa como para fazer algo rápido e simples, mas sugiro que:

  • Se você está estudando para concursos, vestibular ou alguma outra seleção, use algumas pausas para mentalizar sua vida após a aprovação e pensar no que vai acontecer (ou continuar acontecendo) se você não for aprovado. Vai te dar ainda mais ânimo para voltar a estudar e também evita que você sonhe acordado durante o pomodoro, quando é hora de estudar.
  • Evite pensar na sua tarefa durante a pausa. Se isso acontecer, trate de fazer algo que vai te distrair da tarefa. Hoje, por exemplo, usei pausas curtas para tirar roupa do varal, aguar plantas, limpar as caixas de areia dos meus gatos. Geralmente isso é trabalho, mas como intercalei com os estudos e a escrita deste post, na verdade eu descansei a mente do que eu estava fazendo antes.
  • Se você usa o pomodoro para trabalhar/estudar em casa, vai se surpreender com a grande quantidade de pequenas tarefas domésticas que podem ser realizadas nos cinco minutos.
  • Se durante o pomodoro você ficou com a "cara enfiada" no livro ou no computador, a pausa curta só vai fazer sentido se você "desenfiar" a cara de onde ela estava. Mudar de janela, de aba ou de livro não vai dar à sua mente o descanso do qual ela precisa.

As pausas longas podem ser usadas para fazer lanche, tirar uma soneca, ler um livro, muitas coisas… Porém novamente destaco a importância de descansar do que você estava fazendo antes:

  • Quem usa o pomodoro no trabalho pode usar a pausa para estudar, quem estuda pode usar a pausa para pequenos trabalhos.
  • Se a tarefa é estudar raciocínio lógico, por exemplo, resolver sudoku na pausa longa provavelmente não é uma boa ideia. Melhor fazer palavras cruzadas.
  • Se você está usando o pomodoro para alguma tarefa que tem esforço físico, como encaixotar mudança ou fazer uma grande faxina na casa, aproveite a pausa longa para descansar o corpo e deixar a mente viajar um pouco: leia, ouça música, assista TV.

Adaptações da técnica

É claro que o tempo é seu, a concentração é sua e por isso você pode fazer adaptações parar criar a sua própria técnica. Ao invés de 25 + 5, talvez funcione melhor com você 30 + 10, 20 + 5, 40 + 10. A única desvantagem, na minha opinião, é que se você criar seus próprios intervalos de tempo, talvez não se beneficie de todos os aplicativos que já foram criados para o tempo do Pomodoro.

Aplicativos

Gosto de estudar mais off line, então geralmente controlo meus pomodoros com papel, lápis e relógio digital. Mas existem diversos sites e aplicativos que podem ajudá-lo a manter a disciplina.

Timer na web:

Programas:

Outra dica para controlar seus pomodoros é usar um timer de cozinha. Ainda vou ter um!

Mais sites:

Até mais!

Posts relacionados