Busca

Carregando...

domingo, 13 de abril de 2014

Minhas séries do momento | abr.2013

Preciso atualizar vocês sobre meu hobby didático favorito.

Desde o post Séries que assisto, o número de títulos na minha lista aumentou bastante.

Vou falar um pouco mais sobre aquelas que considero menos conhecidas no Brasil e poupar comentários a respeito das famosinhas, sobre as quais você já deve estar cansado de ouvir.

▶ Breaking Bad - finalizada

Eu não assisti essa série, devorei. Levei apenas algumas semanas para ver as 5 temporadas. Que delícia! Que espetáculo! Que primor!

Meus colegas de trabalho que não viram a série já devem estar de saco cheio porque toda vez que pego alguma matéria sobre tráfico de drogas para editar, me lembro de algum episódio de Breaking Bad, não resisto e acabo contando.

A história se passa na cidade de Albuquerque, Novo México, EUA.

▶ Downton Abbey

Essa série inglesa é para os fortes. Perdi as contas de quantos episódios me fizeram chorar. Antes que pensem mal de mim, quero deixar bem claro aqui que o casal sem vergonha de Titanic me deu ânsia de vômito (mas me diverti bastante quando o barco virou), 12 Anos de Escravidão me deu sono e Marley e Eu me dá vontade de espancar o cachorro (por isso nunca consigo terminar esse filme, desejo de bater em um animal não é algo que quero cultivar).

Em Downton Abbey, drama pouco é bobagem, mas pode ficar tranquilo que não tem nada inverossímel nem "tempestade em copo d'água", como nas novelas brasileiras e mexicanas. É uma história genuinamente triste e quando a gente termina um episódio tem certeza de que aquilo aconteceu com uma ou várias famílias daquela época. Os personagens são todos apaixonantes. Mesmo aqueles dos quais eu não gostava no começo em algum episódio me conquistaram também.

A história dos Crawley começa em 1912 e o título da série é o nome da propriedade da família, que fica em Yorkshire, Inglaterra.

Não vou falar mais nada porque não gosto de fazer spoiler.

▶ Modern Family

Modern Family é uma das melhores séries de comédia da última década e eu acredito não precisar falar nada sobre ela além de que estou assistindo e amando.

A história se passa em Los Angeles, Califórnia, EUA.

▶ Revenge

Podem me chamar de deslumbrada, mas confesso que decidi assistir Revenge por causa desta matéria do Fantástico sobre os Hamptons.

Achei que fosse uma historinha boba de adolescentes e comecei vendo na Globo mesmo (viva a opção de áudio original!). Assim que descobri o que fizeram à família Clarke, passei a desejar a vingança tanto quanto Amanda.

A história se passa nos Hamptons, Long Island, estado de Nova Iorque, EUA.

▶ Orange is the New Black

Dá para ver que não tenho um estilo de séries favorito, só quero que sejam boas.

O principal cenário de Orange is the New Black - um presídio federal feminino - já torna a série bastante interessante e original. Mas não é só isso. A trama está bem trabalhada e, apesar da existência de uma protagonista, as histórias das outras personagens também são contadas em flash backs que mostram, aos poucos, o que aconteceu com cada uma delas antes da prisão.

O noivo e a melhor amiga de Piper moram em Nova Iorque.

Estou ansiosa pela 2ª temporada e confesso que menos pela Piper (protagonista) do que pelas outras presidiárias.

▶ Six Feet Under - finalizada

Uma fantástica série sobre a morte e muito mais. Sabe quando você assiste algo e acha que o mundo inteiro deveria ver também? Então. É essa série.

Six Feet Under é protagonizada pela família Fisher, proprietária de uma agência funerária que funciona no piso da própria residência.

A forma como a série fala de esquizofrenia, paixões doentias, vício em sexo, homossexualidade, traição, adolescência, escolha de profissão, religião, adoção, transtorno pós traumático e outros temas delicados e polêmicos é realmente bela e deliciosa.

A história se passa em Los Angeles, Califórnia, EUA.

A série foi finalizada em 2005 na 5ª temporada.

▶ Mais informações

Tentei assistir, mas não gostei muito:

Criminal Minds
Vi os 2 primeiros episódios e os personagens pareciam muito mais preocupados em mostrar o quanto são inteligentes do que em resolver os casos. Não curti.
Weeds
Eu só gostava de duas personagens: a Celia e sua filha Isabelle. Difícil acompanhar uma série em que você não curte muito nem a protagonista e a família dela. E pra mim não faz o menor sentido uma mãe de família viúva, bonita, inteligente, branca, magra e com uma bela casa aceitar ser traficante antes de tentar outras opções.

Desde o último post, também encerrei Dexter e continuo assistindo Law & Order: SVU, The Good Wife e The Middle.

Não me pergunte em que canais do Brasil essas séries passam porque não as assisto assim. Até tentei descobrir, mas algumas informações pareciam desatualizadas, então preferi não repassar.

Assistir boas histórias e ainda melhorar a compreensão auditiva de inglês: quem não curte?

Até mais!

Posts relacionados