Busca

Carregando...

domingo, 11 de maio de 2014

Perfume Claudia Leitte, Jequiti

Colônia Claudia Leitte

Mais um amargo-chique da Jequiti fácil de entender, difícil de explicar, mas tenho que dizer.

Se por acaso você conheceu o Claudia Leitte Intense sem conhecer o Claudia Leitte, já começo avisando que eles não são parecidos. Em comum levam o nome da pseudocantora e talvez também o gosto pessoal dela, que deve ter aprovado as fragrâncias antes do lançamento (é o mínimo que esperamos de um perfume de celebridade).

Pirâmide olfativa:

  • Notas de topo: pêssego, bergamota, passas e cassis.
  • Notas do meio: jasmim, rosa, gengibre e pimenta-rosa.
  • Notas de base: baunilha, patchuli, sândalo e âmbar.

Sei que pareço esquizofrênica dizendo isso, mas consigo sentir essa fragrância como alguém que a odeia e como alguém que gosta dela, por isso a resenha vai ficar bipolar.

A abertura é bastante amarga e azeda. Considerando as frutas citadas na pirâmide, eu jamais imaginaria um resultado assim. Acredito que o pêssego está vencido, as passas estão mofando, a groselha-preta está verde e usaram a casca da bergamota no lugar dos gomos. Essa saída me lembra muito uma cesta com frutas podres que inclui cítricas.

Ao mesmo tempo, entendo que para muitas pessoas a intensidade incômoda das frutas iniciais é o preâmbulo de uma fragrância misteriosa e sedutora que domina todos os sentidos a partir do olfato.

O corpo é menos azedo, mas conserva a amargura. O gengibre foi usado em excesso e a pimenta está mais vermelha do que rosa. As flores foram deixadas alguns dias dentro de livros e estão apodrecidas.

Mas para quem gosta da fragrância, esse efeito das flores dá um bonito aspecto vintage ao perfume. Gengibre e pimenta dão um efeito de distanciamento: "Sou poderosa, sou sensual, sou perigosa. Mantenha distância."

A base é doce e amadeirada. Para mim, o aspecto amargo continua excessivo e me causando desconforto. Para quem aprecia o perfume, é ele que mantém do início ao fim a sofisticação e a sensação de poder que a colônia provoca.

Claudia Leitte e seus produtos

Claudia Leitte é um perfume chipre frutal que a Jequiti poeticamente chama de chypre sensual.

  • Lançamento: 2010.
  • Público-alvo: feminino.
  • Colônia: 100 mL, R$ 89,90.
  • Desodorante spray: 110 mL, R$ 25,50.
  • Refil de desodorante spray: 110 mL, R$ 17,50.
  • Loção hidratante: 200 mL, R$ 30,90.
  • Valores checados dia 11/05/2014.

Muita gente gosta dessa colônia, mas não me incluo. Infelizmente, para meu olfato ele não passa de uma amarga confusão de notas que estão em alta velocidade se chocando umas contra as outras. Claudia Leitte me dá dor de cabeça já nas primeiras notas. Nesse aspecto o perfume se parece muito com a pseudocantora, que também me dá dor de cabeça já nas primeiras notas.

Na minha pele a fixação é de 4 horas, a projeção é intensa e enorme, o rastro fica por horas e horas.

Claudia Leitte pode agradar quem gosta de perfumes como Zara Woman Gold, Zara Woman Gold Rose e Diva Chic.

Vale lembrar que, além de ser compreendido diferentemente de acordo com o olfato da pessoa, essa fragrância também reage muito à composição química da pele de cada um. Não compre sem experimentar em você, a não ser que tenha dinheiro sobrando para isso.

Bom cheiro!

Posts relacionados