Busca

Carregando...

terça-feira, 1 de julho de 2014

1 ano sem Google Reader e o leitor que uso agora

Atualizado dia 19/08/2015.

Hoje faz um ano que o Google Reader #partiucaixão e pelo menos uns 15 meses que estou devendo este post. Garanto que durante todo esse tempo não só pensei no assunto como testei várias alternativas gratuitas existentes.

Como ao longo de um ano você já deve ter lido várias resenhas por aí sobre leitores de feeds, aqui vou ser curta e grossa: ao invés de falar o que cada leitor oferece, vou dizer logo porque ele não serve pra mim. No fim conto qual é meu atual favorito.

✓ AOL Reader

Funciona muito bem na web e fiquei apaixonada pelo leiaute. Só que ainda não tem aplicativo para Android, mas a AOL garante que já começou a fazer um. Aguardemos.

✓ Bloglovin

Ele até se esforçou, oferecendo importação dos feeds do Google Reader, mas o Bloglovin está bem longe de ser considerado uma boa alternativa. O leitor web para desktop é muito precário em vários aspectos: sempre mostra apenas um resumo do post, nem sempre é possível adicionar um feed que não está cadastrado no site (pelo próprio autor), não acha todos os artigos não lidos, dentre outros defeitos.

✓ Digg Reader

Esse leitor de feeds não me apetece porque tem o mesmo defeito tanto no site para desktop quanto no aplicativo para Android: não tem caixa de busca.

✓ Feedly

O Feedly foi meu leitor oficial durante muitos meses. Não tenho o que reclamar da versão web para desktop.

Os problemas começaram quando fui usar a versão para Android. Se eu estava lendo um artigo e precisava alternar para outro aplicativo, já era: quando eu voltava para o Feedly, o post tinha sumido e ele tinha voltado para a página inicial. Outro problema grave do aplicativo é não ter busca interna.

✓ FeedReader

Sem dúvida tem o melhor nome e tinha tudo para ser um leitor decente, mas a versão web para desktop não tem caixa de busca. Imperdoável.

✓ Feedspot

Esse é mais um que funciona bem no site para desktop, mas derrapa no aplicativo para Android. Principais defeitos: não funciona em modo paisagem, não tem zoom, usa a tecla Voltar do tablet para deslogar (e não para voltar mesmo).

✓ The Old Reader

Não me serve porque tem um limite de 100 feeds na conta gratuita. Meu leitor atual tem pelo menos 800 fontes, todas elas muito bem organizadas por assunto.

✓ Inoreader

Depois de quase perder as esperanças, mês passado eu achei um post do blog Denavegador em que o Marco Damaceno indicou um leitor de feeds que eu não tinha usado ainda. Experimentei na web, experimentei no Android e não deu outra: é meu atual leitor de feeds favorito.

Inoreader no Android

No tablet, só não gosto muito da interface retrato porque a coluna com o menu de pastas e sites (à esquerda) ocupa mais espaço do que os links dos posts (à direita). Fora isso tenho apreciado bastante.

Inoreader no Android - modo paisagem

E você? Já tem um preferido desde que o Google Reader nos deixou?

Se quiser mais opiniões antes de formar a sua, o post Alternativas ao Google Reader tem links para várias listas de leitores de feeds para a web.

Foto: Zoom

Posts relacionados