Busca

Carregando...

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Como organizar as contas para pagar em dia

Noto que muita gente, quando sai da casa dos pais ou se torna chefe da família, fica embananada com as várias contas que tem para pagar. Algumas pessoas levam meses ou até anos para conseguir se organizar nesse aspecto, quando conseguem.

Mas garanto que não é preciso tudo isso. Basta tirar um momento do seu dia para criar um fluxo e deixar tudo certinho.

Se você é marinheiro de primeira viagem, lembro também que manter as contas organizadas e em dia é prioridade indiscutível. Para você ter uma ideia, é muito mais importante do que manter a casa limpa e cheirosa e do que servir as refeições no horário. Duvida? Deixe algumas contas acumularem de um mês para o outro para ver o que acontece.

Moro sozinha há 6 anos, nesse período tive diversas experiências relacionadas ao pagamento de contas e aprendi muito com elas. Seguem então as minhas sugestões para quem ainda não sabe por onde começar a organização.

  1. Mude as datas de vencimento das contas
  2. Coloque tudo o que puder no débito automático
  3. Opcional: Use a transferência automática
  4. Opcional: Use o lançamento automático no cartão de crédito
  5. Só comece as compras depois que quitar as contas
  6. Jamais dependa dos Correios
  7. Recebe em espécie? Separe dinheiro em envelopes
  8. Use agenda e planilha

As dicas 2, 3 e 4 são ainda mais simples para quem usa internet banking.

1. Mude as datas de vencimento das contas

Concordo que isso é o que dá mais preguiça de fazer, mas garanto que o prazer decorrente compensa o sacrifício. Coloque suas contas para vencer um dia após o pagamento do seu salário. Sabe o que acontece? Você fica 28 dias do mês sem ter boletos e faturas para pagar. Não é lindo? Sei que você já é feliz, mas se quiser aumentar ainda mais a sua felicidade, faça isso.

Caso o seu salário costume atrasar, considere a data máxima de atraso como dia de pagamento e coloque as contas para vencer depois disso.

Muitas empresas já permitem mudar a data de vencimento pela internet, outras pelo telefone e há ainda aquelas mais chatinhas que vão pedir para você ir pessoalmente a algum lugar, mas felizmente elas são raras nos dias de hoje.

Se você mora em Goiás, para mudar a data de vencimento da conta da Saneago é preciso ligar para o 115. A data da Celg você consegue mudar pela internet (www.celg.com.br).

Checklist:

  • Água e esgoto
  • Aluguel
  • Cartão de crédito
  • Celular
  • Condomínio
  • Empréstimo bancário
  • Energia elétrica
  • Gás
  • IPTU parcelado
  • IPVA parcelado
  • Parcelamentos
  • Prestação de veículo
  • Prestação de imóvel
  • Internet fixa
  • Telefone fixo
  • TV a cabo

Quando você tentar mudar o vencimento, pode ser que a empresa tenha datas pré-definidas. Conheço uma operadora, por exemplo, que tem como opções os dias 5, 10, 15, 20 e 25. Nesse caso, escolha a data mais próxima após o pagamento do salário. Se você recebe dia 26, tem que escolher 5. Não invente de colocar um dia antes porque milagres não acontecem. Pelo menos tão todos os meses.

Lembrando que esta dica vale para todas as contas que você paga com o dinheiro do seu salário. Aquelas que você costuma pagar com dinheiro extra de frilas ou bicos podem vencer em outras datas, mas exigem atenção redobrada.

2. Coloque tudo o que puder no débito automático

É muito provável que você receba seu salário em uma conta bancária, então configurar suas faturas em débito automático vai aumentar ainda mais a sua sensação de alívio.

Lembrando que o débito automático só é bom para quem já colocou as contas para vencer logo após receber o salário. Caso você receba dia 1º e sua conta vença dia 15, o débito automático pode trazer mais preocupação do que alívio: você se esquece que ainda tem uma conta para pagar, gasta tudo no supermercado, dia 15 você cai no cheque-especial. E para quem não sabe, cheque-especial é tipo o inferno, só que na conta bancária. Ninguém em sã consciência quer cair nele.

Mas se você seguir as dicas na ordem, vai dar tudo certo!

Também é possível usar débito automático se você recebe salário em espécie, desde que deposite o valor o mais rápido possível. Pode funcionar bem para quem tem agência bancária perto de casa ou do trabalho.

Para as contas que você costuma pagar com dinheiro em espécie, sugiro o método dos envelopes.

3. Opcional: use a transferência automática

Outra opção que pode ajudar muito a pagar contas em dia é a transferência automática, que geralmente funciona entre clientes do mesmo banco.

É possível agendar a transferência de um valor durante um número específico de meses ou indefinidamente. Atualmente essa é a forma como pago meu aluguel.

4. Opcional: use o lançamento automático no cartão de crédito

Se você tem uma conta mensal que vence em uma data desfavorável, verifique a opção de coloca-lá no automático do cartão de crédito, assim você pode pagar no dia da fatura.

Não são todas as empresas que oferecem esse serviço, mas sei que as operadoras de celular costumam ter essa opção e às vezes fica até mais barato do que pagar o boleto. Atualmente minha conta de celular é paga nessa modalidade.

5. Só comece as compras depois que quitar as contas

Teoricamente, não há impedimento para comprar se você souber exatamente o valor total das contas que serão debitadas e a quantidade de dinheiro que tem para gastar com as compras do mês, inclusive supermercado.

Mas ainda assim recomendo esperar para evitar equívocos e fazer as compras com a consciência tranquila. Você terá a certeza de que não está gastando nem um centavo que faria falta na hora de debitar uma conta essencial.

6. Jamais dependa dos Correios

E pode parar com o #mimimi de que "no Brasil isso, no Brasil aquilo" porque essa dica vale para qualquer pessoa do mundo. Estamos em 2014! Não é estranho depender de um papel chegar em nossa residência para manter uma conta em dia? Nada a ver.

Mesmo para quem usa o débito automático, recomendo ativar o recebimento de conta por e-mail porque assim a gente consegue checar o valor com alguma antecedência. Alguns exemplos de contas que recebo por e-mail: plano de saúde (Unimed), energia elétrica (Celg), cartão de crédito (Santander), banda larga (GVT).

É claro que para fazer isso com segurança, é preciso saber diferenciar e-mails verdadeiros de falsos, mas isso fica para outro post porque este já é longo o bastante.

A outra opção é todo mês pegar o boleto direto no site da empresa.

Se você não usa débito automático, mas tem conta bancária, assim que tiver acesso ao código de barras você já pode agendar o pagamento no caixa eletrônico ou internet banking, não é preciso esperar o salário.

7. Recebe em espécie? Separe dinheiro em envelopes

É bem simples: você tem um envelope para cada conta que paga todo mês. Do lado de fora você escreve o nome da conta, por exemplo: Celular Oi, Internet GVT, Claro TV. Dentro do envelope você coloca o dinheiro e aguarda a conta ou coloca a conta e aguarda o dinheiro. Quando você for ao banco ou lotérica pagar, já está tudo separadinho.

8. Use agenda e planilha

Minha última dica é não confiar na memória. Ou melhor: não gaste seu cérebro com informação descartável que muda todo mês. Use planilha para calcular entradas e saídas, anote tudo que já foi pago ou debitado, use Google Agenda ou similar para se lembrar de pagar as contas que não estão automáticas.

E nas contas impressas, escreva sempre Paguei perto do valor, assim você evita o risco de pagar a mesma duas vezes.

Até mais!

Posts relacionados