Busca

Carregando...

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Perfume Egeo Woman, O Boticário

Egeo Woman é uma das muitas fragrâncias O Boticário dos quais eu enjoei muito antes de saber o nome. Popularidade pouca é bobagem.

Apesar do excesso de fama - que só é boa para quem vende o perfume, não para quem o usa - é uma das colônias da marca que eu teria usado com prazer se a tivesse ganhado no mês do lançamento, em 2002. Na época, além do cheiro ainda não ser tão batido, meu olfato era bem menos exigente do que é hoje.

A marca classifica a fragrância como oriental amadeirada, mas eu creio que ela passa longe dessa família olfativa. Floral frutal e oriental baunilha seriam classificações mais condizentes com a realidade.

Pirâmide olfativa
  • Notas de topo: mandarina, bergamota, frutas vermelhas e folhas de bambu.
  • Notas do meio: íris, flor de gengibre, violeta, fresia, gardênia head space, pimenta.
  • Notas de base: sândalo, almíscar, âmbar e baunilha.

A abertura de Egeo Woman, que O Boticário classifica como fresca frutal, tinha tudo para ser clichê, mas as folhas de bambu e mais alguns ingredientes que não são citados deram uma refrescância verde ao acorde doce, ficou interessante. É uma delícia essa saída e reforça uma das minhas teorias de que a marca investe muito mais nas notas de topo do que no resto.

E ainda sobre a saída de Egeo Woman, ela é uma imitação explícita da abertura de Deep Red, eau de parfum da Hugo Boss lançada em 2001. Algumas pessoas consideram as duas fragrâncias muito parecidas só por causa desse 1 minuto que elas têm comum, mas eu acho um exagero. Na minha opinião, Deep Red e Egeo Woman não são perfumes parecidos. Apesar da similaridade no início, eles evoluem e vão por caminhos bem diferentes.

O corpo é predominantemente floral e rico em quantidade de ingredientes, mas o que me encanta mesmo é a pimenta no meio disso tudo. Desde Amó Chamego estou em uma fase de amor por "pimentas em nuvem de suavidade", tanto que atualmente Eliana da Jequiti é praticamente minha assinatura olfativa.

A base oriental abaunilhada e amadeirada é só aquele carimbo olfativo da marca O Boticário que a gente já conhece de cor e eu detesto do fundo do meu útero.

Egeo Woman fixa na minha pele por cerca de 5 horas. A projeção é enorme e o rastro é longo, alto e largo, ou seja, não é o tipo de fragrância para quem quer ser discreto. É para quem quer chegar chegando e ficar no ambiente mesmo depois de ir embora.

Ao contrário de muita gente, considero essa fragrância bastante diurna. Mas aqui não vale confundir dia com sol. Egeo Woman combina mesmo é com os dias frios, nublados e úmidos. Em tempo quente e/ou seco, seja noite ou dia, é um perfume que tende a causar dor de cabeça.

Apesar de direcionada para o público feminino e doce do início ao fim, é uma colônia que fica bem na pele masculina e até me agrada mais quando usada por eles.

Atualmente o frasco de 100 mL de Egeo Woman custa R$ 79,00. O site O Boticário parcela em até 5 vezes.

Leia outras opiniões sobre essa fragrância nos sites Osmoz, Fragrantica.com e Fragrântica.com.br.

Quer saber mais? Leia sobre outros perfumes O Boticário.

Bom cheiro!

Posts relacionados