Busca

Carregando...

sábado, 6 de dezembro de 2014

Séries que vi nos últimos meses | dez.2014

Meu último post sobre séries foi em abril, de lá para cá vi outras séries e pelo menos três delas me conquistaram: Brothers & Sisters, The Big Bang Theory e House of Cards.

Brothers & Sisters ★★★☆☆

Esse drama foi finalizado em 2011. Com muitas cenas externas e ao ar livre, a série se passa na cidade de Pasadena, que fica na região metropolitana de Los Angeles, na Califórnia.

A história não tem protagonista, em cada episódio personagens diferentes se destacam, mas a matriarca Nora (Sally Field) sem dúvida é a que mais aparece ao longo da série porque é a "cola" que mantém unida a rica e confusa família Walker.

Eu já tinha visto alguns episódios aleatórios da 5ª temporada, mas ainda não tinha me interessado em ver a série do início ao fim.

Durante minhas férias, em agosto, senti falta de drama, então a primeira série que me veio à mente foi essa que estava há um tempão na minha lista "vou assistir".

Vou ser sincera: Brothers & Sisters não faz o meu tipo e não entra nem no meu top 10, por isso eu sabia que para sentir o desejo de vê-la eu teria que aguardar o momento perfeito e foi isso que fiz. Em agosto precisei de uma catarse básica e a primeira temporada da série trouxe, juntamente com alguns filmes, tudo que eu precisava. Chorei litros.

Mas da 2ª a 4ª temporada a série teve altos e baixos porque desperdiçou diálogos e até episódios inteiros com histórias bobinhas que não conseguiam convencer ninguém. Mas eu já estava tão apaixonada pelo elenco que aguentei tudo sorrindo, menos no que se refere a Kitty Walker (Calista Flockhart). Ela era minha personagem favorita na primeira temporada, mas ficou bem chata e neurótica a partir da segunda. Acho que não fui a única a desejar sua morte quando ela descobriu que estava doente.

Também foi difícil aguentar Rebecca Harper (Emily VanCamp), mas quando o David (Ken Olin) apareceu eu curti bastante o relacionamento entre os dois. Já do Ryan Lafferty (Luke Grimes) eu gostava bastante, mesmo com seu caráter duvidoso, e acho que ele deveria ter aparecido mais na série.

Felizmente os demais personagens, mesmo em histórias bobas com ritmo enrolado de novela mexicana, conseguiram se manter divertidos e interessantes na maior parte do tempo, principalmente Robert (Rob Lowe), Saul (Ron Rifkin), Scotty (Luke Macfarlane), Sarah (Rachel Griffiths), Kevin (Matthew Rhys) e Holly (Patricia Wettig). Sem dúvida minha personagem favorita era Nora Walker com sua enorme e veloz fila de namorados.

Para quem aprecia a beleza e a sensibilidade masculina, vale citar também o personagem mais fofo: Justin Walker (Dave Annable).

No final da 4ª temporada, a série voltou a ser drama convincente. A 5ª temporada foi tensa: a menos divertida da série e quase tão triste quanto a primeira.

A série foi cancelada em 2011, depois que a última temporada já estava no ar, então nem tudo teve desfecho. Tem fã que até hoje sonha com a sexta temporada de Brothers & Sisters.

The Big Bang Theory ★★★★☆

A história dessa premiadíssima comédia também se passa em Pasadena, CA, mas quase todas as cenas são gravadas em cenários fechados, então não há paisagem local para contemplar.

Para quem estava em coma desde 2007 e não sabe, The Big Bang Theory é a história de um grupo de amigos nerds muito inteligentes e com poucas habilidades sociais. A cada episódio a série traz centenas de referências a jogos, quadrinhos, filmes e séries de ficção científica, tecnologia e tudo mais que faz parte dos mundos nerd e geek.

Eu já tinha assistido alguns episódios aleatórios, mas ainda não tinha me apaixonado pela série por detestar duas coisas nela: sons de plateia (palmas, risadas, interjeições) e o perfeito estereótipo da vizinha fogosa, loira e burra: Penny (Kaley Cuoco).

Mas certa vez uma pessoa me comparou com o Sheldon Cooper (Jim Parsons). Outra pessoa, que não conhecia a primeira nem soube do comentário, também me comparou com Sheldon. Uma terceira pessoa fez o mesmo. Lá pela quarta ou quinta pessoa diferente fazendo a mesma comparação, finalmente entendi: se a série tem um personagem tão parecido comigo, deve ser muito boa.

Então eu decidi assistir a primeira temporada de TBBT. Aguentei os sons de plateia. Aguentei a Penny. Todo o resto fez o esforço valer a pena. Já sigo todos os talentosos e milionários atores no Twitter, no Facebook e também faço parte da torcida por Shamy!!!

Hoje termino a 6ª temporada e já vou emendar com o início da 7ª, o que significa que em breve já estarei na atual 8ª temporada, ansiosa pelo próximo episódio.

E aproveito para deixar claro que, apesar de muitos hábitos e opiniões em comum (como não encontrar sentido nem prazer em troca de presentes), Sheldon Cooper é muito melhor e mais evoluído do que eu: é mais organizado, mais disciplinado, fez doutorado (nem no mestrado me inscrevi ainda), tem boa memória, consegue morar com outra pessoa, tem amigos, se socializou com a vizinha de baixo QI e ainda encontrou alguém para namorar nos seus próprios termos. Eu, nada disso.

House of Cards ★★★★★

A história se passa em Washington, DC. A terceira temporada sai dia 14 de fevereiro no Netflix.

House of Cards é a história do político Frank Underwood (Kevin Spacey) que se sente traído por lideranças do próprio partido e como vingança decide que vai ser presidente dos Estados Unidos. Mas não pelo voto: derrubando um por um.

Corrupção, machismo, homossexualidade, violência sexual, impunidade, a sofisticada psicopatia dos políticos e a promíscua relação com a imprensa são alguns dos temas tratados nas duas primeiras temporadas da série.

É a melhor produção do Netflix atualmente. Recomendo House of Cards para todo mundo, goste ou não de política. E se um dia eu fizer uma daquelas listas pedantes do tipo "séries que todo jornalista tem que assistir", House of Cards vai encabeçar.

Essa é a abertura da segunda temporada, a trilha e as imagens dão uma boa ideia da frieza desse drama:

E para quem não viu ainda, esse é o trailer da primeira temporada:

Outras séries

Retomei Criminal Minds e acho que vou conseguir encerrar pelo menos a primeira temporada, mas sem muito amor no coração ainda.

Assisti a primeira temporada de Law & Order: Criminal Intent (Vincent D'Onofrio, seu lindo!) e topo ver a segunda, mas ainda não a encontrei.

E só para deixar claro, continuo assistindo: American Horror Story, Downton Abbey, Law & Order: Special Victims Unit, Modern Family, Orange is the New Black, Revenge, The Good Wife, The Middle.

Confira também:

Até mais!

Posts relacionados