Busca

Carregando...

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Entrar na UFG está muito mais fácil

Mas entrar para o curso dos sonhos está mais difícil

Prestei e passei na Universidade Federal de Goiás duas vezes: para jornalismo no início de 2002 e para ciências contabéis agora. E sem dúvida desta vez foi bem mais fácil, graças ao Enem.

Para quem está fora do Estado e não sabe, este (2015) foi o primeiro ano em que a UFG utilizou o Sisu para preencher 100% das vagas nos cursos presenciais, exceto os que exigem prova de habilidade técnica. Isso tornou o processo seletivo muito mais democrático e acessível pelos seguintes motivos:

1. A inscrição do Enem é muito mais barata do que era a inscrição no vestibular da UFG.

2. A prova do Enem é muito mais fácil do que a da UFG. O Enem depende muito mais de saber pensar - interpretando textos e raciocinando logicamente - do que de ter estudado muito e decorado as fórmulas. Consegui notas razoáveis mesmo depois de 13 anos sem estudar conteúdo do ensino médio. Sofri com o grande número de questões na prova de matemática, é verdade, mas respondi tudo o que pude e no fim das contas minha maior nota foi em exatas:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: 701,9
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: 625,3
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: 649,2
  • Matemática e suas Tecnologias: 745,8
  • Redação: 600,0

3. Você fica sabendo sua nota do Enem antes de escolher seu curso.

4. O site do Sisu divulga, a cada 24 horas de inscrições, a nota de corte parcial.

5. O site do Sisu permite que você troque de curso até o fim das inscrições. Se sua nota não for suficiente para Engenharia Civil na UFG de Goiânia, por exemplo, talvez seja o bastante para Engenharia de Transportes na UFG de Aparecida, para Engenharia de Transportes no IFG de Goiânia, para Engenharia Civil em algum campus do interior. Este é apenas um exemplo, para o jovem que pode morar em outro Estado, as possibilidades são muitas.

6. O site do Sisu permite que você se inscreva em até dois cursos. Caso não passe, você pode se cadastrar na lista de espera. Depois do período de matrícula, se sobrarem vagas, pessoas cadastradas na lista de espera poderão ser chamadas.

Por que fiz Enem e Sisu?

Fiz o Enem já pensando no Sisu e no Fies. Meu objetivo é tentar algum curso que me desse mais possibilidades no serviço público, por isso na minha lista estão direito, administração e ciências contabéis, nesta ordem

Só que eu fiz alguma coisa muito errada na redação - acho que eu fiz um texto descritivo, sem argumentação - e tirei só 600, o que derrubou bastante minha média, de forma que eu só teria chance de fazer direito na UFG (única universidade pública de goiana que oferece esse curso) se pudesse me inscrever nas cotas.

Minha nota era mais do que suficiente para administração, mas a UFG só tem esse curso à noite e é no Campus Samambaia (no extremo norte da cidade, sendo que moro e trabalho no extremo sul). Opção descartada.

Minha nota era suficiente também para outros cursos que me seduziam na página do Sisu: Engenharias, Letras, Relações Públicas, Psicologia. Mas aí eu me lembrava que não estava escolhendo um curso de verão, mas sim uma graduação para os próximos 3 ou 4 anos de vida, então retomava meu foco.

Então deixei direito matutino na primeira opção e ciências contabéis matutino na segunda.

Passei para ciências contabéis, mas já desisti de cursar. Espero que a primeira pessoa da lista de espera esteja feliz com a notícia.

E chegar tão perto de começar outra graduação na UFG de alguma forma me fez cair na real sobre o que realmente quero para meu próximo bacharelado, caso eu realmente faça mais um.

Até mais!

Posts relacionados