Busca

Carregando...

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

TV digital em Rio Verde HDTV

Atualizado dia 19/09/2015.

Até novembro, os entusiastas da TV digital estão de olho em Rio Verde, município extenso e próspero do sudoeste goiano que tem 8 canais analógicos abertos ativos e cerca de 200 mil habitantes.

Por ser a cidade-piloto do desligamento do sinal analógico de televisão, é lá que serão testados diversos aspectos da migração para a TV digital, inclusive no que diz respeito, palavras minhas, ao desespero de parte da população quando tentar ver a novela ou o futebol e só conseguir sintonizar isso:

Na teoria esse desespero não vai acontecer. Primeiro porque o governo federal prometeu conversores digitais para as famílias que recebem o Bolsa Família (estamos de olho). Em segundo lugar porque o Ministério das Comunicações fez a seguinte afirmação:

“é condição para o desligamento da transmissão analógica que pelo menos 93% dos domicílios do município que acessem o serviço estejam aptos à recepção da televisão digital terrestre”.

Na prática eu rio muito por terem estabelecido uma porcentagem tão alta, difícil de calcular e que provavelmente foi exigida pelas próprias emissoras. Considerando o interesse público e já acreditando que as famílias muito pobres ganharam conversores digitais, 60% seria uma proporção aceitável. As demais famílias poderiam aderir aos poucos, de acordo com a condição financeira e/ou com o vício, sendo que geralmente o vício fala mais alto. Televisão só é essencial para quem depende dela para se sustentar e quem depende dela para se sustentar já está assistindo HDTV há muito tempo.

Mas, independente da real proporção de lares com TV digital na data do desligamento em Rio Verde, o que funcionar lá provavelmente será experimentado nas próximas cidades e depois aplicado ao resto do Brasil. E o que não der certo tem que ser resolvido em poucos meses, antes do desligamento em Brasília e em São Paulo, onde algumas horas sem TV aberta pode gerar milhões de reais em prejuízo para quem fatura com a indústria televisiva: emissoras, anunciantes, publicitários, produtoras, etc.

E enquanto 29 de novembro de 2015 não chega, vamos acompanhando as inaugurações de canais digitais em Rio Verde. Qualquer atraso nisso também pode afetar todo o cronograma nacional, que vai até 25 de novembro de 2018.

Canal digital ativo.
Futuro canal digital.
Canal analógico que será desligado até novembro/2015.

Canal virtual Canal real Sinal Definição
SD: baixa
HD: alta
Emissora Rede
03.1 48 UHF Digital Veremos TV Rio Verde GO Esporte Interativo
03.0 03 VHF Analógico SD
05.1 39 UHF Digital HD TV Serra Dourada SBT
05.0 05 VHF Analógico SD
07.0 07 VHF Analógico SD TV Sucesso Record
09.1 __ UHF Digital Veremos TV Goiânia Band
09.0 09 VHF Analógico SD
12.1 30 UHF Digital HD TV Anhanguera Rio Verde Globo
12.0 12 VHF Analógico SD
16.1 14 UHF Digital HD Rede Vida
16.0 16 UHF Analógico SD
25.1 25 UHF Digital HD Canção Nova
32.0 32 UHF Analógico SD TV Mundial
33.1 44 UHF Digital SD Record News

Até o momento não foram divulgados os canais digital da TV Sucesso (Record) e da TV Mundial.

Até mais!

Fotos: Federação Goiana dos Municípios e Abratel.

Posts relacionados