Busca

Carregando...

sexta-feira, 8 de maio de 2015

AdBlock: bloqueador de propagandas da web

Atualizado dia 07/09/2015.

Não sei se sou altruísta, legal, panaca, autossabotadora ou tudo isso ao mesmo tempo, mas agora vou indicar para seu navegador um plugin que me tira algumas moedas todo mês.

Essas extensões detectam e escondem a maioria dos scripts de propaganda como Google AdSense, Afilio, Facebook Ads, Spider Ad, E-Grana, além de pop-ups de sites diversos.

✓ Mozilla Firefox

No Firefox eu experimentei o Adblock Plus. Funcionou bem em Mac OS, Windows e Ubuntu. Bloqueou todos os sites que citei acima.

✓ Opera

O Adblock Plus também funcionou perfeitamente no navegador Opera.

✓ Google Chrome

No Chrome eu testei dois complementos diferentes. No Ubuntu e no Mac OS testei o AdBlock. No Windows XP coloquei o AdBlock Plus porque ocorreu um erro na instalação do AdBlock, acho que era um problema específico do computador que eu estava usando.

O importante é que as duas extensões foram perfeitas e bloquearam todas as propagandas que citei no segundo parágrafo.

✧ Meu blog sem propaganda

Como eu já estou me autossabotando mesmo, vou fazer bem feito e colocar aqui os prints deste blog, antes e depois do AdBlock, sem contar minhas pop-ups malucas do E-Grana. Clique na imagem para ampliar:

helenfernanda.com.br com propaganda helenfernanda.com.br sem propaganda

✧ Qual é o benefício de bloquear propaganda?

Além do incômodo visual, esse tipo de propaganda onipresente é tão ruim quando qualquer outro, principalmente para quem passa muito tempo na web. Quando a gente acha que não está notando os anúncios mais é porque eles já fazem "parte da paisagem" e assim estão em áreas do cérebro que não controlamos bem. De repente a gente se pega desejando ou comprando produtos e marcas que nunca nos recomendaram e que a gente nem lembra onde conheceu.

✧ Inoreader detecta a presença do AdBlock

Olha esse aviso verde que aparece no Inoreader, quando entro no site com o AdBlock ativado:

Inoreader X AdBlock

Traduzindo:

Por favor, apoie este software colocando inoreader.com em sua lista branca do AdBlock ou compre um plano premium. Obrigado!

Eles pediram tão educadamente que eu acatei e desativei o AdBlock no Inoreader.

✧ Quem vai pagar a web?

A maioria dos jornalistas com menos de 35 anos que conheço, apesar de mais atualizada sobre tecnologia do que a média da população, não faz ideia de que os navegadores permitem a instalação de complementos. Alguns ainda têm o Ask ou o Hao123 instalados como site de busca principal, mas nenhum deles sabe como isso aconteceu.

Quando penso nas pessoas que conheço fora do networking - vizinhos e parentes, por exemplo - a situação é mais assustadora: quase todas passam muitas horas por dia navegando no YouTube, no Facebook e em sites de notícias, mas elas só conhecem dois navegadores: Cristóvão Colombo e Pedro Álvares Cabral. Imagino que existam cidades ou até países inteiros onde as pessoas não sejam tão atrasadas em tecnologia, mas ainda assim tenho dificuldade para acreditar que um dia o uso do AdBlock será massificado.

Mas muitos publicitários e produtores de conteúdo temem que isso aconteça e por isso são contra a existência e o uso do AdBlock. Eles argumentam que os banners e links patrocinados possibilitam que as pessoas acessem as informações sem pagar por elas em dinheiro, apenas consumindo propaganda.

Não estão errados, mas eu vejo de outra forma. Na verdade eu vejo além. Acredito que o AdBlock é o "adversário" que obriga a publicidade na web a se superar, se reinventar. Ficar de #mimimi não resolve nada porque é um caminho sem volta e teimoso é quem não aceita isso.

Sei que parece ser mais fácil pra mim dizer isso quando minha fonte de renda principal é meu cargo de jornalista e não meu blog. Sim, é mais fácil.

Mas também já trabalhei como redatora publicitária, inclusive ajudando a criar textos para Google AdSense. Se eu ainda estivesse nesse ramo estaria bolando 1001 maneiras de divulgar as marcas transformando-as em parte genuína do conteúdo, sejam textos, fotos ou vídeos.

Independente de qual seja a minha opinião, a sua opinião, elas não importam agora. O fato é que blogueiros e publicitários web não podem depender apenas de espaço publicitário gerenciado por script. Mesmo que o uso em massa do AdBlock demore anos para acontecer, é inegável que ele se torna mais popular a cada dia (e aqui estou ajudando nisso).

Até mais!

Posts relacionados