Busca

Carregando...

domingo, 2 de agosto de 2015

10 excelentes perfumes femininos brasileiros - 2015

Estou encantada com 10 fragrâncias das marcas Mahogany, O Boticário, Phebo e Jequiti. São perfumes que recomendo experimentar todos que querem ter uma boa noção de como a perfumaria feminina brasileira está evoluindo ultimamente: sem muita originalidade, mas com alta qualidade e se inspirando nos melhores.

Clique no nome do perfume para ver a resenha. Para abrir em outra aba, clique com o botão do meio do mouse.

1. Make me Fever Gold, Mahogany

Mulheres que gostam de perfumes florais precisam muito conhecer as fragrâncias da casa porque é a brasileira que melhor trabalha essa família olfativa, oferecendo variedade e qualidade. E dentre tantas opções de perfumes florais, Make me Fever Gold é um dos mais queridos e vendidos da Mahogany. Ele se inspira em Chloé Eau de Parfum, mas o brasileiro é mais intenso e projeta mais.

2. Jardin des Roses, Mahogany

Desta vez a musa inspiradora é Roses de Chloé. Diferente de Make me Fever Gold, Jardin des Roses é um floral muito delicado e discreto, cheiro de princesa adulta usando vestido esvoaçante.

3. Lady Lily, O Boticário

Floral frutal luminoso, delicado e muito elegante, esse é o melhor perfume do atual portfólio O Boticário. Ele segue o estilo J'adore, dizem até que é inspirado em um dos flankers. Na minha opinião, Lady Lily é mais agradável que os perfumes da Dior, só que o brasileiro fixa menos. Pretendo fazer uma resenha sobre ele um dia, quando ganhar um frasco ou uma amostra. De comprar não tenho condições porque o preço dele é muito caro e fora do meu alcance. Por enquanto, fiquem com o lindo texto da Dâmaris.

4. Merci, Jequiti

E por falar em perfume discreto, outro nacional pelo qual estou apaixonada é esse da Jequiti, lançado há pouco tempo. Ele é um floral frutal muito sutil e elegante. Fixa poucas horas, mas é tão gostoso que nem dá preguiça carregar o frasco para passar de novo.

5. Paris 1, Jequiti

Ainda em clima francês, Paris 1 é um floral cítrico muito sofisticado, cheiro de rica que não precisa ostentar. Se você disser que está usando Jequiti, as pessoas mais preconceituosas vão dizer que você está mentindo.

6. Carnaval, Phebo

Seguindo a linha da sutileza, tenho que citar também esse floral frutal aquático que reserva seu delicioso cheiro para as pessoas que chegam pertinho. Carnaval é a versão adulta de Bem-me-quer com Amor, da Jequiti.

7. Lichia e Pimenta, Phebo

Com cheiro de mulher executiva que usa terno e pasta de couro, essa fragrância é um primor na evolução, na harmonia e na escolha de ingredientes: muito agradáveis e com alta fixação. Conhecer esse perfume me fez ter muito orgulho da Phebo, mais uma marca criando fragrâncias brasileiras com potencial para encantar até os franceses.

8. Âmbar, Phebo

A França é assunto recorrente na lista de hoje. Outro perfume brasileiro pelo qual estou encantada é Âmbar, uma versão melhorada do parisiense Coromandel, da Chanel. Chocolate e incenso são as palavras-chave aqui.

9. Paris 3, Jequiti

Alguém falou em aroma oriental? A Jequiti teve a excelente ideia de colocar no mercado brasileiro um perfume de patchuli que consegue ser discreto o bastante para uso diário. Eu simplesmente adorei, tanto a proposta quanto o perfume. E mais uma vez é bem fácil notar a excelente qualidade dos ingredientes. Bastante aromático, acho incrível esse perfume não me causar desconforto, como dor de cabeça ou enjoo.

10. RoyalMadeira Absoluto, Jequiti

Esse é o perfume mais doce da lista. Aqui a Jequiti foi bem espertinha e se inspirou em algumas tendências recentes e de muito sucesso na perfumaria feminina internacional para criar uma fragrância com grande apelo comercial. Como já contei na resenha, eu me decepcionei com RoyalMadeira Absoluto porque achei que seria algo bem diferente e mais parecido com meu gosto pessoal, mas nem por isso deixo de reconhecer a qualidade do perfume e o excelente senso de oportunidade da marca. Quem gosta de perfumes doces para mulheres adultas precisa sentir essa colônia.

A ordem dos perfumes não equivale à ordem exata da minha preferência.

Veja também:

Até mais!

Posts relacionados