Busca

Carregando...

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

3 dicas para não comprar perfume importado durante a alta do dólar

Se você mora no Brasil e o preço do seu perfume importado favorito está nas alturas, não é sensato comprar agora achando que o dólar pode aumentar mais ainda. Convém ter paciência e esperar o dólar cair. A não ser que você receba em dólar (Google AdSense, por exemplo) e possa comprar na próxima viagem ao exterior.

Mas se você recebe em reais e não vai sair do país tão cedo, paciência. Ao invés de sofrer pensando no seu perfume caro, tente aproveitar o momento com sabedoria:

  1. Redescubra e use as fragrâncias que você já tem
  2. Experimente contratipos
  3. Conheça mais fragrâncias brasileiras

1. Redescubra e use as fragrâncias que você já tem

Se você é do tipo que coleciona ou acumula perfumes, é hora de olhar e cheirar o que você já tem em casa. Quando a gente tem muitos frascos é bastante comum a sensação de se apaixonar de novo por uma fragrância que estava há um bom tempo esquecida no fundo do armário.

E no meio dessas fragrâncias do seu estoque, tente escolher e separar pelo menos duas: uma para uso diurno e diário (escola, trabalho…) e outra para uso noturno e ocasiões especiais.

2. Experimente contratipos|similares|parecidos|inspirados|imitações

Muita gente já faz isso, tanto que grande parte dos leitores chega aqui justamente procurando informações sobre fragrâncias baratas que são parecidas com as fragrâncias caras.

No blog tem um índice de marcas, mas já adianto que Paris Elysees, Cuba, Linn Young e Yes Cosmetics são algumas das minhas marcas favoritas de perfumes inspirados.

Para quem se identifica com meu gosto, sou apaixonada por Red Garden, Sexy Woman, Miss Cuba e Touzz Tendre.

3. Conheça mais fragrâncias brasileiras

É verdade que a alta do dólar aumentou também os preços dos perfumes brasileiros, que usam ingredientes importados, mas ainda assim é melhor pagar o preço do produto nacional, principalmente quando a gente descobre que as marcas brasileiras têm excelentes fragrâncias.

Tive que experimentar muito para conseguir, mas felizmente encontrei nas marcas Jequiti, Mahogany, Natura e Phebo perfumes que considero tão bons ou até melhores que vários que aprecio em marcas como Cacharel, Chanel, Chloé, Diesel, Givenchy, Issey Miyake, Kenzo, Lancôme, L'Occitane, Yves Rocher, Yves Sain Laurent. É uma sensação muito boa: olho para meu armário e, no meio de perfumes europeus e norte-americanos, meus favoritos são justamente os brasileiros, que além de tudo têm maiores frascos e menores preços.

E se você quer aproveitar o momento para conhecer mais títulos da perfumaria feminina brasileira, sugiro começar pelos meus prediletos, é claro:

  1. Âmbar, Phebo
    Cheiro de herdeira rica que mora em um castelo em Mônaco.
  2. Claudia Leitte, Jequiti
    Floral frutal exótico que eu demorei um tempo para entender, mas quando entendi me assumi como fã.
  3. Diva Chic, Jequiti
    Minha baunilha ostentação.
  4. Eliana, Jequiti
    A pimenta negra confortável.
  5. Esta Flor Rosa, Natura
    Floral rosáceo encantador que não me canso de elogiar.
  6. Fábio Jr. Feminino, Jequiti
    Floral cítrico-sofisticado-refinado-te-amo-Jequiti.
  7. Jardin des Roses, Mahogany
    Meu floral de princesa.
  8. Lichia e Pimenta, Phebo
    Meu floral apimentado "profissional produtiva".
  9. Make me Fever Gold, Mahogany
    Um floral exuberante melhor que Chloé.

Mas não sou tão narcisista assim. Consigo indicar também perfumes que nunca usei ou que não uso mais:

Leia também:

Até mais!

Foto: missgo2girl.com

Posts relacionados