quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

🖥 Amazon Prime Video chegou ao Brasil, mas não vou assinar tão cedo

Transparent: série premiada da Amazon.

Para quem estava muito ocupado ontem e não viu, o serviço Amazon Prime Video chegou ao Brasil. A mensalidade nos 6 primeiros meses é de U$ 3,00, paga apenas com cartão de crédito. Você pode experimentar gratuitamente por 7 dias, desde que tenha cartão de crédito. E tem que ter noções básicas de inglês para conseguir navegar no site e no aplicativo porque eles não foram traduzidos ainda.

A Amazon é hoje a mais forte concorrente da Netflix, mas pelos comentários que li de ontem pra hoje, notei que muita gente interpreta isso da forma errada. Ninguém vai cancelar Netflix para assinar o Prime Video porque ele não tem um catálogo tão farto, pelo menos por enquanto. O Prime Video é um serviço adicional para quem já tem o hábito de assistir séries e vídeos pela internet e provavelmente já assina Netflix. Ou seja, a verdadeira disputa entre as empresas é pelo tempo do telespectador que pode pagar pelos dois. E também pelos prêmios, já que as duas têm excelentes produções originais.

E eu quero muito assistir a essas séries premiadas da Amazon, por isso me cadastrei ontem mesmo e adicionei Mozart in The Jungle, Transparent e The Man in The High Castle à minha watchlist.

Só que o serviço da Amazon não é compatível com Chromecast. E no meu humilde computador, que usa Ubuntu 32-bit, o Prime Video não roda em nenhum dos navegadores webkit compatíveis com o Chromecast. Isso me leva a adiar minha adesão ao serviço da Amazon. Não sou fã de assistir vídeo longo no computador, mesmo porque meu computador e monitor ainda não exibem imagem em alta definição. Em tablet e celular, sem chance de eu aguentar qualquer vídeo com mais de 3 minutos.

Meu "esquema" para assistir séries, filmes, clipes musicais e até vlogs é o seguinte: ligo a TV no quarto, apago as luzes, fecho a janela, deito na cama, me acomodo bem nos travesseiros, abro o que quero assistir usando o tablet ou o celular. Por isso, minha relação com o Prime Video só vai rolar quando eu tiver android box, uma smart TV ou um laptop com Windows 10.

Se você, ao contrário de mim, tiver todos os requisitos para usar o serviço, cadastre-se no site www.primevideo.com e já coloque um alarme/lembrete na sua agenda para não se esquecer de cancelar daqui a 7 dias, caso não queira assinar.

A Amazon já deixou bem claro que não pretende tornar o Prime Video compatível com Chromecast, mas agora que ela está em 200 países, muitos deles de terceiro mundo - como o Brasil - ou de primeiro mundo ainda tentando se recuperar da crise - como Portugal -, será que ela muda de ideia ao perceber que há uma grande demanda por esse recurso, já que a gente não tá podendo comprar smart TV à vontade? Aguardemos cenas dos próximos capítulos.

Até mais!