terça-feira, 31 de janeiro de 2017

🚲 Por que me livrei das calças jeans?

Foto: MP-GO

Quando passei a ir de bicicleta para o trabalho, meu objetivo imediato era economizar tempo, já que antes eu ía à pé e demorava muito mais. Mas é claro que tempo não foi a única coisa que ganhei. A prática do ciclismo urbano me trouxe dezenas de benefícios, um deles foi parar de usar calça jeans. Explico.

Assim como muitos goianienses, eu usava calça jeans como uniforme. Tinha uma calça para cada dia da semana: jeans azul, jeans azul lavado, jeans azul petróleo, jeans azul marinho, jeans cinza escuro, jeans preto lavado, jeans preto…

Quando comecei a pedalar, cheguei a ir para o trabalho várias vezes usando calça jeans, mas notei que é extremamente desconfortável e pode ser prejudicial à saúde porque o joelho se movimenta com muita dificuldade, forçando mais os ligamentos.

Decidi parar de comprar calça jeans. Passei a optar por outros tecidos. Aos poucos fui montando um guarda-roupa com mais opções de calças, de forma que pedalar de jeans foi se tornando cada vez menos necessário. Mas eu ainda usava as calças jeans em outras ocasiões.

Só que isso não durou muitos meses. Um dos vários benefícios de pedalar é fortalecer a musculatura das coxas e das panturrilhas. Com isso, as calças jeans que eu tinha foram ficando a cada semana mais apertadas e difíceis de vestir.

Separei as calças apertadas e dei para minha mãe, que não pedala e por isso tem pernas mais finas do que as minhas. Ela também não compra calça jeans, mas não achou ruim ganhar.

Fiquei só com uma calça jeans preta. Mas, quando o zíper dela estragou, eu levei para minha mãe consertar (ela é costureira) e disse que podia ficar com ela porque eu não suportava mais usar calça jeans, em nenhuma situação. Foi aí que me libertei de vez das malditas calças jeans. Aleluia!

E talvez você esteja se perguntando: "por que parar de usar calça jeans é um benefício?" Explico.

Moro em Goiânia, uma cidade quente e seca metade do ano, quente e úmida na outra metade. Só por isso já é um grande benefício descobrir que calça jeans não é uniforme obrigatório. Mas tem mais.

O uso diário de calça jeans é um grande inimigo da saúde íntima de homens e mulheres. Mesmo que você se lave bem durante o banho, microorganismos que causam infecções têm o dia inteiro para se reproduzir na parte mais úmida e escura do seu corpo, já que a calça jeans tira qualquer chance de que um pouco de oxigênio e luz solar cheguem aos seus órgãos genitais.

Não era o meu caso, mas outro problema da calça jeans é que muita gente acha que é "normal" usar a mesma calça jeans durante vários dias sem lavar. Os reservatórios de água agradecem, mas o corpo sofre com tanta imundície.

Sabe o que a gente elimina pela transpiração? Toxinas. Se você veste uma calça "amanhecida", está esfregando as toxinas na pele e tentando devolvê-las ao corpo. Sem falar que bastam algumas horas de uso para que bactérias e fungos se reproduzam no grosso tecido do jeans, se alimentando de nossas células mortas.

E tudo isso ainda causa um fedor terrível, mas pelo visto eu sou uma das poucas pessoas que sentem isso. Quando eu usava uma calça jeans de manhã e tinha a oportunidade de voltar para casa na hora do almoço, já não conseguia vestir a mesma calça à tarde porque percebia a catinga de fungos e bactérias se reproduzindo "loucamente".

Quando a gente lava o jeans, desperdiça água pra caramba porque são necessários cerca de 20 litros de água para lavar uma única calça jeans.

O corante das calças jeans é derivado do petróleo. Os produtos usados na lavagem incluem amônia e soda cáustica. Se a gente usa calça jeans todo dia, tudo isso entra pela pele e uma hora chega à corrente sanguínea.

As lavanderias que fazem lavagem de jeans - para dar diferentes tonalidades às calças - poluem a natureza sem dó.

Calça jeans pesa e limita os movimentos do corpo, a gente se cansa mais rapidamente e nem nota o porquê.

Calça jeans impede que a transpiração evapore, a gente fica com agonia de sentir todo aquele suor grudado na pele.

Calça jeans causa coceira após algumas horas de uso, principalmente se você tiver tanta alergia às toxinas do suor como eu tenho.

Além de todos os problemas citados no documentário The True Cost.

É por tudo isso que sou grata:

Obrigada, bicicleta, por ter me livrado da calça jeans!

Confira também:

Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts relacionados