Estou de férias em setembro, por isso talvez não atualize toda semana.

Helen Fernanda

segunda-feira, 10 de julho de 2017

📺 Claro Video: primeiras impressões e melhores séries

Mozart in The Jungle, da Amazon, disponível na Claro Video.

Quem me acompanha em alguma rede social já deve saber que agora estou também assistindo séries pela plataforma Claro Video e gostando bastante.

Para começar, o aplicativo para Android funciona muito bem com meu Chromecast, o que já me agradou muito. Isso deixa, na minha preferência, Claro Video à frente do Looke, que nunca funciona direito no Chromecast, e do Amazon Prime Video, que não é compatível com Chromecast. Eu ia falar mal do Crackle também, mas deixa esse pra lá.

O site Claro Video também é intuitivo, bonito agradável e fácil de navegar, apesar de eu ter notado várias falhas na busca: mesmo digitando o nome exato do filme ou da série que existe no catálogo, o título não aparece nos resultados. Já avisei para a empresa.

Ao observar o catálogo da Claro Video para assinantes - títulos que a gente não precisa comprar nem alugar se estiver pagando Net/Claro em dia - notei inteligência nas escolhas: oferecer várias séries que Netflix não oferece. Dentre as minhas favoritas:

A Irmandade (Claro)
Mexicana, é a primeira série original da Claro e já está na segunda temporada. Conta a história de um pai que, para se vingar da morte da família, acaba se envolvendo com uma milícia. Vale a pena conferir.
Além da Imaginação (CBS)
"Apenas" a produção que inspirou Black Mirror.
Castle (ABC)
Sobre um escritor de livros policiais que vira consultor da polícia de Nova Iorque e ajuda a solucionar crimes.

Dawnson's Creek (Warner)
Maravilhosa série adolescente do final dos anos 90. Revi o primeiro episódio há poucos dias e notei que a série está envelhecendo bem, continua atual.
Futurama (Fox)
Desenho animado de ficção científica politicamente incorreto.
Law & Order: SVU (CBS)
Olivia Benson dispensa apresentações.
Mozart in The Jungle (Amazon)
Série que mostra os bastidores de uma orquestra: drogas, sexo, inveja, sabotagem, ego…

E essas são apenas algumas das produções do catálogo da Claro Video que não estão na Netflix.

Enquanto eu estiver usando Net e celular pós-pago da Claro, vou continuar usando o streaming da Claro Video, então volto a falar sobre ele. Noto que muitos assinantes ainda não conhecem bem as opções desse serviço.

Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts relacionados