sábado, 27 de janeiro de 2018

📱 SMS da Defesa Civil já está funcionando em Goiânia e em várias outras cidades do Brasil

Moro e trabalho na região Sudeste de Goiânia e foi esta semana que o serviço de alerta por SMS da Defesa Civil passou a funcionar nos meus CEPs.

O serviço é público e sem taxas (pagamos com nossos impostos) e você só precisa mandar uma mensagem SMS para o número 40199. No corpo da mensagem, você coloca o número do seu CEP:

para: 40199
mensagem: 74865-180

Se você não sabe o seu CEP, olhe na conta de água, energia elétrica, IPTU ou busque no site dos Correios.

Ontem teve temporal aqui na minha região e recebi a primeira mensagem de alerta. Deixei a bicicleta no trabalho e voltei de carro com um colega. Quando passamos pela avenida, vi que estava um verdadeiro rio.

Você pode cadastrar quantos CEPs quiser - de casa, do trabalho, da escola… - mas notei que as mensagens não indicam a qual CEP o alerta se refere. Como cadastrei CEPs da mesma região de Goiânia, acabei recebendo a mesma mensagem mais de uma vez, mas se eu precisasse diferenciar, não saberia:

A mensagem chegou ao meu celular quando eu ainda estava no trabalho, mas quando o "céu já estava desabando". Antecipar um temporal, nem que seja em alguns segundos, é outra melhoria necessária.

Não deixe de se cadastrar, mesmo se você não frequenta área de risco (o que é bastante raro hoje em dia porque muitas ruas alagam em várias cidades do Brasil). Somente com pessoas usando o sistema, serão gerados estatísticas e outros dados essenciais para que os alertas fiquem cada vez mais precisos.

Isso me faz lembrar a época de faculdade. Quando eu estudava na UFG (2002 - 2006) era muito comum eu sair de lá no meio de um temporal e chegar ao Parque Atheneu toda molhada e assustando as pessoas, porque lá não tinha caído nenhuma gota ainda. Também acontecia o contrário: eu sair do Parque Atheneu sem guarda-chuva e já pegar chuva no Centro, na metade do caminho. Lembrando que ainda não existiam smartphones, então um serviço de SMS seria muito útil naquela época.

Até mais!

Foto: Pixabay

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são moderados pela autora do blog.