sexta-feira, 2 de novembro de 2018

📺 Glow, Dirty Money, Suits, The Good Doctor, (Des)encanto… O que tenho assistido?

Sally Field e Justin Theroux em Maniac | Netflix

Depois de alguns meses assinando só Prime Video, dia 12 de outubro eu voltei para a Netflix e agora estou tentando tirar o atraso.

Os links nos nomes das séries levam você direto para o respectivo conteúdo na Netflix, assim você já pode adicionar à sua lista se tiver interesse.

Ficção:

Minha comédia do momento é Arrested Development, estou na quarta temporada. Eu sempre tenho uma comédia na minha lista porque quando estou de saco cheio de tudo que está acontecendo no Brasil e no planeta, é comédia que me garante uma noite de sono tranquila.

Outra comédia que me permite dormir em paz uma vez por semana é The Good Place.

Estou na 5ª e última temporada de Bates Motel. Não é o tipo de série que gosto de maratonar. Estou vendo um episódio a cada dois dias, mais ou menos.

Vi mais um episódio da 1ª temporada de Mad Men. Eu passo mal com o machismo dessa série. Dizem que as mulheres reagem em algum momento, então não desisti completamente. Já faz anos que estou assistindo sem conseguir avançar muito. Vejo um episódio a cada muitos meses.

Vi a 5ª temporada de BoJack Horseman e amei tudo, como sempre. No final acho que eu quase chorei porque tem tudo a ver com o atual momento da minha família.

Ainda falando sobre desenho animado para adultos, gostei muito de (Des)encanto, sobre uma princesa rebelde que é amiga de um "elfo" e tem um gato-diabo de estimação. A trilha sonora também é muito boa, notei influência da música brasileira. Já prometeram novas temporadas em 2019, 2020 e 2021.

Gostei muito da minissérie Maniac, principalmente do background: uma versão da Terra onde não existem celulares, mas a publicidade está em todos os lugares. Podiam fazer mais minisséries ou temporadas explorando detalhes desse universo. E se alguém tivesse me avisado que a série tem a Sally Field e o Justin Theroux (The Leftovers) eu teria assistido antes.

Vi o excelente filme dramático O mínimo para viver, sobre bulimia e anorexia, e já posso adiantar que a lição dele é: NÃO TENHA FILHOS!

A série britânica The End of The Fucking World, sobre dois adolescentes em fuga, é altamente maratonável. Comece a assistir quando tiver algumas horas livres porque é quase impossível não emendar um episódio no outro.

Eu já tinha assistido o primeiro episódio de Glow e gostado muito. Mas só recentemente dei continuidade. Gostei tanto que vi as duas temporadas em 3 tardes. Também é uma série que classifico como "maratonável". A primeira temporada é mais leve e divertida. Na segunda temporada, temas sensíveis são tratados, como assédio sexual e abandono parental.

E como se eu já não tivesse séries demais na minha lista (muitas atrasadas como Better Call Saul, Orange is The New Black e House of Cards), arranjei mais sarna para me coçar: comecei a assistir Suits, que já tem oito temporadas. Vi uns quatro episódios seguidos. Amo séries sobre advogados!

Mas nem só de Netflix vive meu hobby. Assinei GloboPlay e comecei a assistir The Good Doctor. Série maravilhosa! Tenho autismo leve e me identifiquei muito com alguns hábitos e cacoetes do protagonista. Muito boa!

Não-ficção:

"Feministas: o que elas estavam pensando" | Netflix

Eu só tinha visto o primeiro episódio da série documental Na Rota do Dinheiro Sujo (Dirty Money) e já tinha recomendado pra todo mundo por ser um excelente documentário sobre a poluição causada pelos carros. Esta semana assisti os demais documentários da série e estou encantada. O último episódio é especialmente sedutor: O homem de confiança é sobre Donald Trump e como ele engana muita gente sempre passando a imagem de ser mais bem sucedido do que ele realmente é.

Assisti mais alguns vídeos de Explicando (Vox). Sou redatora e revisora, então amei o episódio sobre o ponto de exclamação ❗️❕ Recomendo também os episódios sobre dinheiro: A diferença de riqueza entre brancos e negros, Criptomoedas, O mercado de ações, Por que as mulheres ganham menos.

Também vi alguns episódios de Seguindo os Fatos (Buzzfeed). Recomendo muito O futuro dos conteúdos falsos (Parte 1), Jovens Influenciadores (Parte 2) e Vício em tecnologia (Parte 2).

O documentário Feministas: o que elas estavam pensando é lindo. Não deixe de assistir também.

O documentário Take Your Pills, sobre Adderall e Ritalina, estava na minha lista há muitos meses. Finalmente assisti esta semana. Muito bom, apesar de eu achar que eles demoram muito para começar a falar sobre os efeitos negativos das drogas, de forma que uma pessoa pode ser seduzida no começo do filme e depois simplesmente ignorar os graves efeitos colaterais.

Lá no grupo do Telegram - t.me/tvpelainternet - sempre compartilho o que estou assistindo. Participe para compartilhar e aproveitar as dicas dos outros membros.

Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são moderados pela autora do blog.