segunda-feira, 30 de agosto de 2021

📚 Amei a trilogia "O Ceifador" de Neal Shusterman

Capas dos livros O Ceifador

Apesar de ter investido em outros hobbies durante a pandemia, não precisei abandonar os antigos. Ler antes de dormir continua sendo um dos prazeres mais importantes pra mim.

Quando a Rafaela falou do livro O Ceifador lá no grupo do Telegram, percebi que era meu tipo de história. Não demorei para baixar. Pesquisando, descobri que se tratava da trilogia Scythe, cujos títulos no Brasil são:

  1. O Ceifador
  2. A Nuvem
  3. O Timbre

A história começa como uma utopia em que quase tudo funciona perfeitamente. Os governos foram substituídos por uma inteligência artificial, a Nuvem, onipresente e onisciente.

A biomedicina também evoluiu e as pessoas têm minúsculos chips, os nanitos, que controlam todas as funções do corpo, acelerando a regeneração de qualquer machucado e impedindo que sofram dores físicas e emocionais. Pessoas mortas são ressuscitadas. Pessoas idosas são restauradas. Somos imortais.

Mas a inteligência artificial, que cuida de todo o resto, optou por deixar os humanos responsáveis pelo controle populacional. Depois de um rígido treinamento, uma casta de pessoas ganha o direito de coletar, matar de forma definitiva. Eles não têm salário, mas têm direito a tudo o que pedem e são tratados com formalidades, incluindo pronomes de tratamento exclusivos.

E é na Ceifa, essa casta especial que tem direito de matar e de escolher quem morre, que a história se desenvolve.

O primeiro livro é a utopia. Mesmo com problemas internos na Ceifa, a população ainda não está envolvida e segue a vida normalmente. Os abusos de alguns ceifadores ainda são casos isolados.

O segundo livro já podemos chamar de distopia, a Nuvem assume protagonismo e, apesar de impedida de interferir nos assuntos da Ceifa, encontra brechas para ajudar a humanidade.

No terceiro livro, toda a humanidade paga pelos erros da Ceifa, mas a Nuvem continua agindo clandestinamente, sem chamar a atenção dos vilões da história.

Esta não é uma resenha detalhada porque não sei fazer resenha sem dar spoiler, é mais uma indicação mesmo pra quem gosta de distopia, fantasia científica, ficção científica e claro que tem um pouco de terror, um pouco de drama. Ótimo entretenimento para quem precisa fugir para outro universo algumas horas por semana.

Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são moderados pela autora do blog.