segunda-feira, 25 de setembro de 2017

🔗 6 alternativas ao Del.icio.us: salve seus links na nuvem

Pra maioria de nós, o Del.icio.us já morreu faz tempo, né? O serviço não acompanhou a revolução móbile e foi superado por recursos compatíveis com Android e iOS.

Mas nem isso apaga a importância dele na história da internet. O Del.icio.us foi um site muito útil e badalado no início do milênio, um dos pioneiros nesse lance de salvar links na nuvem para a "eternidade". Ele também era social e podíamos seguir amigos e blogueiros, ver os links que eles salvavam, ler suas notas… Era muito bacana e praticamente todo mundo que trabalhava com internet na época usava.

Mas voltemos a 2017. Como está claro no título, isto é apenas uma lista, não é um tutorial nem uma comparação detalhada entre os serviços. Fiz apenas algumas observações que considerei relevantes e destaquei meus serviços favoritos com corações porque esse é o nível de maturidade deste post. 😄

💚 Diigo

Acho a interface do site feia e poluída, mas funciona bem. Links salvos podem ser lidos off-line. Separa automatica os pdfs, imagens, notas e notas do Kindle, mas só é compatível com Kindle na versão paga.

A forma como ele se integra ao navegador para salvar notas é simpática, bem mais simpática que o leiaute do site.

O Diigo também tem grupos temáticos dos quais você pode participar.

🔗 Google Bookmarks

Esse a gente usa por osmose porque os links do Google Chrome ficam salvos nele, mas não é o meu favorito, mesmo porque uso sete navegadores diferentes.

💚 Google Keep

Apesar de ser um recurso para salvar notas em geral, também é o que mais uso para salvar links. Adiciono o link, meus comentários, as palavras-chave pelas quais provavelmente vou buscar o link no futuro… Não tem erro. Funciona muitíssimo bem pra mim.

💚 Instapaper

Leiaute clean e fácil de entender. Tudo que você salva nele fica disponível para ler off-line. As extensões se integram muito bem ao navegador. Ele também permite salvar notas com trechos de textos da internet, muito útil.

A versão gratuita é compatível com Kindle, facilitando o envio de artigos da web para ler no e-reader.

E ainda funciona como rede social, já que dá para adicionar e seguir seus amigos do Facebook e do Twitter. Quando você favorita um link, ele aparece no seu perfil público.

🔗 Pocket

Excelente serviço, tão bom quanto o Instapaper. Mas confesso que não gosto do Pocket por um motivo besta: ele entende poucos emojis. Como eu uso emoji nos títulos do Meu Tédio (somos todos crianças e clicamos mais quando tem figurinha), ele não entende e salva com um interrogação. Me dá agonia. Tenho que editar. Me dá preguiça. Me dá agonia. Pronto, confessei.

🔗 Raindrop

Também gostei da interface dele. Limpo e funcional. Mas, até onde testei, ele não salva a página para ler off-line.

O Del.icio.us tinha a opção de salvar automaticamente todos os links de um determinado site por meio do feed. Ainda não encontrei isso em nenhum dos serviços que testei.

Antes de encerrar esse post, quero lembrar também do Magnolia, guardador de links contemporâneo do Del.icio.us, mas que teve um fim ainda mais precoce.

E já que estamos citando almas desencarnadas, tinha também o Readability, sobre o qual cheguei a escrever um post ano passado: Leitura confortável no Google Chrome com Readability.

Você conhece mais algum serviço de bookmarking que vale a pena ser testado?

Até mais!

Foto: Pixabay | Free-Photos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts relacionados