segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

💲 Qual é o melhor site/app para vender meu produto usado?

OLX, Mercado Livre, Enjoei e Facebook não são as únicas opções, mas estão entre as mais populares e não adianta perder tempo anunciando onde os compradores não estão.

A partir da minha experiência, vou compartilhar aqui minha opinião sobre qual desses sites/aplicativos escolher quando bate o desapego ou até mesmo a necessidade de conseguir dinheiro rápido com algo que tá sobrando aí na sua casa.

💲 Quando escolher Enjoei?

O menu de categorias do Enjoei está cada vez mais diversificado, mas mesmo variando os tipos de produtos, ele mantém seu foco no público jovem feminino das classes A e B. O público masculino está aumentando, mas ainda é uma porcentagem pequena.

Os segmentos de moda, decoração e perfumaria são os campeões do Enjoei. Apesar de cobrar uma alta comissão por venda (20% + taxa de R$ 2,15), se você está se desapegando de um produto caro, bonito, de alta qualidade e de marca valorizada (Kipling, Melissa, Farm…), é bom considerar o Enjoei na hora de anunciar porque seu público-alvo já é frequentador assíduo desse site/app.

Conclusão: Opte pelo Enjoei para vender produtos de grife em ótimo estado de conservação.

Dica: As clientes do Enjoei são as rainhas da pechincha, tenha consciência disso na hora de precificar para ter uma margem de negociação.

💲 Quando escolher OLX?

Com divulgação inteligente e onipresente, a OLX já está no imaginário brasileiro quando o assunto é desapego de produto usado.

E o investimento em propaganda funcionou! Na última semana de dezembro, vendi em menos de 12 horas meu smartphone Samsung Galaxy J1 Mini. E em pleno dia 31 de dezembro, em menos de 6 horas, me livrei de um aspirador de pó Lavor de ótima qualidade, mas cujo barulho eu não suportava.

Estou contando a minha história porque esses são dois exemplos de categorias em que a OLX costuma ser imbatível: eletrônicos e eletrodomésticos usados. Também acrescento à lista móveis, utensílios domésticos, carrinhos e cadeiras de bebê, bicicletas, automóveis e outros produtos que estão sempre entrando em listas de upgrade ou desapego.

Como o negócio é fechado pessoalmente, o comprador pode verificar o estado do produto e até testá-lo antes de fazer o pagamento. Isso também facilita a vida de quem precisa de um produto "pra ontem" e não pode aguardar uma entrega pelos Correios.

Conclusão: Anuncie gratuitamente na OLX sempre que estiver vendendo um produto usado, queira encontrar cliente na sua própria cidade, região ou bairro e tenha preferência por receber em dinheiro.

Dica: Os anúncios novos têm prioridade nas buscas, então se seu produto não tiver interessados em 24 horas, é melhor checar se o preço está compatível ou investir em outros sites de divulgação porque a probabilidade de ainda ser vendido pela OLX só diminui com o tempo do anúncio.

💲 Quando escolher Facebook Grupos?

Os grupos de compra e venda do Facebook são ótimos porque eles geralmente são focados, então o seu público-alvo já tá todo ali e você não gasta muito tempo com divulgação.

Minha experiência com negócios feitos nos grupos está restrita a perfumes, mas sei que grupos de livros, equipamento de fotografia e de enxoval para bebê também são ótimos para fechar bons negócios. É claro que esses são apenas alguns exemplos. Basta digitar a palavra-chave na busca para encontrar grupos do segmento desejado.

Em relação à OLX, anunciar em um grupo do Facebook pode demorar mais porque geralmente você precisa de autorização para entrar no grupo. Depois de aprovado, é provável que seu anúncio também passe por um moderador antes de ser aprovado.

No Facebook, também há grande receio com golpistas que volta e meia aparecem nos grupos, então se você já estiver no grupo há mais tempo e tiver boa reputação entre os membros, vai ter mais chances de ter seu anúncio respondido.

Dica: Se o produto vai ser enviado pelos Correios, primeiro o comprador paga e só depois o vendedor embala, endereça e envia. Não caia no conto do "reserva pra mim". Já perdi dinheiro com embalagem por causa de cliente que desistiu da compra antes de pagar. Caso o comprador tenha receio de fazer depósito ou transferência, ofereça alternativas mais seguras como Mercado Pago e PagSeguro.

💲 Quando escolher Mercado Livre?

O Mercado Livre já foi a "OLX" da venda de produtos usados, mas as comissões do site, o sistema de reputação e a impossibilidade de pagar pessoalmente tornaram o Mercado Livre uma plataforma profissional.

Se você já tiver uma boa reputação com outras vendas e compras, talvez consiga vender um celular usado pelo Mercado Livre, mas essa é a exceção. Com produtos geralmente enviados pelos Correios e pagamento feito pelo Mercado Pago, atualmente o Mercado Livre funciona melhor para produtos novos, portfólio variado e vendedores com alta reputação.

Como os anunciantes que pagam mais conseguem posições melhores nas buscas, você só terá sucesso anunciando de graça um produto usado se ele for raro (exemplo: moeda que não é mais cunhada) ou se tiver um preço realmente competitivo.

Dica: Apesar de não ser a melhor fonte de divulgação de produto usado, o Mercado Livre é útil para concretizar vendas que começaram em outro site ou aplicativo, como o Facebook. Nesse caso, as garantias do Mercado Livre protegem vendedor e cliente e também dão mais opções de pagamento, como parcelamento no cartão de crédito.

💲 Considerações finais

IMPORTANTE: Se for mandar o produto pelos Correios, antes de ir à agência imprima a Declaração de Conteúdo para conseguir postar:

Apesar de ser uma ótima forma de conversar com as pessoas interessadas, o WhatsApp não é a melhor escolha para anunciar um produto que você quer vender rapidamente. Pode ser usado como ferramenta secundária de divulgação, mas onde você tem acesso a milhares de pessoas, como OLX e Facebook, o retorno é muito mais rápido.

O Instagram funciona melhor quando você não tem pressa de vender ou quando tem perfil especializado em venda de produtos usados.

Publicar no seu perfil no Facebook pode ajudar, mas também é um tipo de publicação que está limitada às pessoas que já te conhecem, diferente de OLX e de um grupo grande do Facebook.

Se você tem muitos produtos e quer abrir uma loja, sugiro que leia o texto Pagamento seguro na web e onde criar sua loja de graça. Nele cito Loja7, Mercado Shops, Elo 7, além das formas de pagamento que você pode adotar.

Até mais!

Foto: Pixabay

2 comentários:

  1. Uma dica para quem for vender pelo Mercado Livre: cuidado com clientes que pedem para enviar outras fotos ou mais informações por email, pois é comum um golpe que, com seu email em mãos, os malandros lhe enviam um email parecido com o do MercadoLivre dizendo já ter recebido o pagamento e autorizando o envio, quando nada disso aconteceu ;) por isso mesmo é proibido informar dados de contato no campo de perguntas do site!

    amtonline.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Mercado Livre realmente não é para amadores.

      Excluir