Páginas

quarta-feira, 1 de maio de 2019

💳 Minhas contas e cartões de crédito digitais gratuitos

Em agosto de 2018 eu fiz um post sobre minhas contas de dinheiro e nele coloquei algumas ações para o futuro, que já consegui realizar. Hoje vou contar como estão organizadas minhas contas-correntes e cartões de crédito.

💳 Banco Inter ativou meu cartão de crédito

No Banco Inter, primeiro você cria uma conta bancária e depois solicita o cartão de crédito. Quando abri a conta, o cartão não foi aprovado imediatamente. Alguns meses depois, provavelmente por causa do meu histórico de recebimentos, a opção foi ativada.

Agora o Inter é meu banco principal, tanto para conta-corrente como para cartão de crédito. E tudo isso sem tarifas, anuidades ou mensalidades.

Recentemente, o aplicativo do Banco Inter ganhou mais opções de investimentos. Dá pra investir em fundos, CDB, debênture, letra de crédito… Eu ainda prefiro investir pela Rico porque gosto de separar dinheiro para pagar conta de dinheiro para investimento, mas sem dúvida isso torna o Banco Inter ainda mais interessante para novos(as) clientes.

Para abrir conta no Banco Inter, primeiro você instala no celular e segue os passos informados dentro do aplicativo:

💳 Nubank ativou meu cartão de crédito

Já fazia muitos meses desde a minha última tentativa no NuBank, até que eles finalmente resolveram me aprovar.

Ativei também a conta-corrente, mas não estou usando. Prefiro o Banco Inter porque tem a opção de saque sem tarifa. Alguns lugares que frequento, como a oficina de bicicleta, só aceitam pagamento em dinheiro.

O Nubank é meu cartão de crédito pós-pago secundário. Se um dia precisar, uso também a NuConta.

O Nubank não tem anuidade no cartão nem mensalidade na conta-corrente. A única taxa cobrada é para saque de dinheiro em caixa eletrônico. Se você usa muito esse recurso de saque, eu recomendo o Banco Inter.

O dinheiro parado na conta do Nubank rende 100% do CDI. Mais que a poupança, mas muito pouco perto de outras opções de investimento.

Você pode solicitar a NuConta e o cartão de crédito Nubank pelo site: nubank.com.br.

💳 Tchau, Santander!

Eu tive uma relação boa com o Santander. De todos os bancos físicos nos quais tive conta, esse sem dúvida foi o melhor.

Mas os bancos 100% digitais me conquistaram. Depois que abri a conta-corrente no Inter, cancelei a conta-corrente no Santander e fiquei só com o cartão de crédito.

Depois que Inter e Nubank ativaram meus cartões de crédito, o cartão do Santander se tornou totalmente desnecessário pra mim. Dois cartões pós-pagos são o suficiente.

Semana passada tive alguma dificuldade para resgatar meus pontos do Santander Esfera porque eu estava usando um cartão adicional e sem nenhum cartão titular (longa história). Por causa desse problema, não consegui solicitar a troca dentro do site, tive que escolher em uma lista menor informada por telefone. Pedi outro faqueiro. Não era o que eu queria agora, mas pelo menos é útil.

Ao contrário de outros bancos nos quais não gosto nem de passar perto, eu não descarto voltar a ter conta no Santander, mas farei de tudo para continuar usando conta-corrente e cartão de crédito apenas de bancos digitais.

Caso você se interesse por esse banco, Santander Free Mastercard é o nome da opção que oferece conta-corrente sem mensalidade e cartão de crédito sem anuidade.

💳 Poupança da Caixa: tem que ter

O único banco de tijolo com o qual ainda tenho vínculo é a Caixa Econômica Federal. Poupança da Caixa (conta tipo 013) é um recurso muito útil no Brasil:

  1. funciona como conta-corrente: tem cartão, função de débito, internet banking, aplicativo…;
  2. municípios do interior têm poucas opções de bancos, mas geralmente têm agência da Caixa (minha avó mora em Goianésia e lá não tem Santander, por exemplo);
  3. alguns municípios nem agência da Caixa têm, mas têm lotérica, onde é possível fazer depósitos para a Caixa;
  4. mesmo em cidades grandes, alguns bairros ficam muito distantes das agências bancárias, mas existe uma lotérica próxima;
  5. o dinheiro parado rende alguns centavos, então é uma opção para fazer reserva de emergência, apesar de não ser a mais lucrativa.

É claro que tudo isso que eu disse sobre a poupança da Caixa faz ainda mais sentido pra quem tem familiares e amigos em outras cidades ou vende produtos e serviços pela internet.

Já faz muitos anos que eu falo sobre as contas gratuitas, mas frequentemente fico sabendo de pessoas que ainda pagam mensalidade e anuidade por desconhecerem essas opções.

Até mais!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são moderados pela autora do blog.