Busca

Carregando...

sábado, 7 de setembro de 2013

Conta eletrônica gratuita: uso e recomendo

Atualizado dia 23/04/2014.

Essa modalidade de conta bancária gratuita atende muito bem todas as minhas necessidades e por isso acredito que pode satisfazer muita gente que hoje paga tarifa.

Tenho 28 anos de idade e 12 anos de experiência com bancos. Não tive ninguém para me dar orientações e por isso aprendi errando e me lascando. Não desejo isso pra ninguém, mas noto que quando a gente aprende "quebrando a cara" consegue assimilar mais informações do que quem desde o início é orientado pelo caminho correto.

Bradesco, Banco do Brasil, Banco Real (hoje Santander), Caixa Econômica Federal, Itaú. Como tive muitos empregos, já fui obrigada a abrir contas em muitos bancos. Na época não existia ainda a tal da portabilidade.

Mas de tudo que já experimentei, espontaneamente ou não, a conta eletrônica é um dos recursos bancários que realmente tenho coragem de recomendar. O outro é a poupança da Caixa Econômica Federal, que já citei nos posts Método para poupar dinheiro e Vai sacar seu PIS/Pasep.

Vários bancos oferecem essa modalidade gratuita de conta bancária e cada um deles pode atribuir características próprias ao serviço, mas existem regras gerais estabelecidas pelo Banco Central.

É ideal para quem:

  • Prefere meios eletrônicos para movimentar a conta: caixa eletrônico, internet banking e celular.
  • Usa cartão de débito para fazer compras.
  • Usa atendimento telefônico eletrônico (ouvir um robô e teclar opções).

Não serve para quem:

  • Usa cheque.
  • Usa correspondente bancário.
  • Usa o caixa presencial.
  • Precisa de atendimento presencial na agência (com o gerente da conta).
  • Usa atendimento telefônico pessoal (falar com um atendente).

Pode variar de um banco para outro:

  • Oferta de cheque especial.
  • Oferta de cartão de crédito.

No Santander, a conta gratuita se chama Conta Combinada Free e tem vários pré-requisitos, mas em compensação inclui cartão de crédito sem anuidade. É uma dica para quem usa muito esse recurso.

A Caixa Econômica Federal não tem exatamente uma conta eletrônica, mas a conta poupança pode ser considerada como tal: ela não tem tarifa mensal e tem todos os recursos de uma conta corrente. O saque é cobrado, mas o uso de cartão de débito e a movimentação pela internet não têm taxas. Antigamente a Caixa tinha uma conta eletrônica chamada Caixa Fácil que ainda é divulgada no site, mas ninguém consegue abrir uma mais.

Eu uso a conta eletrônica do Itaú porque gosto bastante do internet banking: é muito completinho e é aceito em várias lojas virtuais, sem necessidade de gerar boleto. Graças à minha incrível combinação de impulsividade (para gastar) e determinação (para não gastar), há algum tempo abri mão de cheque especial e cartão de crédito. Com isso minha saúde financeira vai muito bem, obrigada. Recomendo tal decisão.

Outros bancos que oferecem conta eletrônica sem tarifa são Bradesco (Digiconta) e Banco do Brasil (conta digital).

Tem gente que acha a conta eletrônica muito limitada, mas eu acredito que é uma questão cultural. Eu, por exemplo, que sempre evitei fila de guichê presencial, adoro internet banking, uso muito cartão de débito e nunca tive talão de cheques (nem quando tinha direito ao recurso), não senti falta de nada na conta eletrônica. Está perfeitinha pra mim.

Até mais!

Foto: Blog da Visa


23/04/2014: adicionei a opção do atendimento telefônico eletrônico.
Posts relacionados